Lukas Marques, youtuber pago por Temer para defender a Reforma do Ensino Médio, tentou se desculpar pelas postagens racistas, misóginas, xenofóbicas e homofóbicas que fez em sua conta pessoal do twitter há algum tempo e que repercutiram recentemente.

No dia 17 deste mês, a Folha de São Paulo trouxe à tona a informação de que o canal Você Sabia, do youtube, administrado por Lukas Marques e Daniel Mologni, teria recebido R$ 65 mil do Governo Federal para que falassem bem da Reforma.

A visibilidade que os youtubers ganharam em função da polêmica fez ressurgirem na rede alguma publicações antigas de Lucas Marques no seu twitter. As publicações são tão odiosas e repulsivas que o leitor de boa fé poderia chegar a supor que foram criadas para comprometer a imagem da sub-celebridade, mas o próprio Lukas assumiu a sua autoria e se desculpou, também no twitter, afirmando que “nunca tive a intenção de ofender ninguém”.

Veja abaixo algumas de suas publicações:

Veja o vídeo em defesa da Reforma do Ensino Médio, comprado por Temer:

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Pensar Contemporâneo

Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.


COMENTÁRIOS