Por Octavio Caruso
Filmes perfeitos para você assistir, na melhor companhia, neste Dia dos Namorados.


– Proposta Indecente

Um casal enfrentando dificuldades financeiras resolve tentar a sorte em Las Vegas, mas nada consegue. No entanto, conhecem um bilionário (Robert Redford) que oferece um milhão de dólares ao marido (Woody Harrelson) para permitir que sua mulher (Demi Moore) vá para cama com ele por apenas uma noite.

 

De imediato há um choque por parte do casal, mas tal proposta significava o fim dos seus problemas. Só que eles não contavam com as consequências que tal oferta traria.

– Cabo do Medo
Max Cady (Robert De Niro), um psicopata que foi preso e condenado por estupro 14 anos atrás, cumpriu sua pena e agora está livre. Ele pretende se vingar de Sam (Nick Nolte), seu ex-advogado, que deliberadamente omitiu informações que alterariam a decisão do júri. Ele pretende agora aterrorizar ao extremo Sam, Leigh (Jessica Lange), sua mulher, e Danielle (Juliette Lewis), sua filha adolescente, mas pretende fazer isto da forma mais legal possível, pois enquanto cumpria pena estudou todos os aspectos legais possíveis. Refilmagem excelente do clássico “Círculo do Medo”, de 1962.

– Verónica
Durante um eclipse, Véronica e duas amigas decidem invocar o espírito de seu pai através do tabuleiro de ouija. Durante a sessão Veronica entra em uma espécie de transe e desmaia, assustando suas amigas. Depois de recuperada começa a perceber coisas estranhas em sua casa, que a fazem pensar que trouxe seu pai de volta para o mundo dos vivos.

– Monty Python – O Sentido da Vida
O grupo inglês que revolucionou a comédia realiza uma série de esquetes inesquecíveis satirizando a medicina, a igreja, os militares, o sexo, enfim, tudo o que é levado a sério demais pelos seres humanos normais. A ousadia rendeu a eles o Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes. Recomendo atenção especial para a celebração musical em que um católico explica aos seus inúmeros filhos porque terá que doá-los para experiências científicas, já que o Vaticano proíbe os métodos anticoncepcionais e ele ficou sem dinheiro para sustentar sua prole, cantando a sutil: “Todo Esperma é Sagrado”.

– Shot! O Mantra Psico-Espiritual do Rock
Uma lenda da fotografia, Mick Rock é mais conhecido pelas fotos icônicas de David Bowie, Lou Reed, Iggy Pop, Queen e muitos outros músicos. O próprio Mick nos guia por suas experiências caóticas e psicodélicas, como um guardião da história visual desses mitos.

– Pagando Bem, Que Mal Tem?
Zack e Miri são amigos desde criança e cultivam um amor platônico um pelo outro. Cada um tenta levar sua vida, mas ambos passam por dificuldades financeiras. É quando resolvem, de comum acordo, se unirem para fazer um filme pornô. Assim que as filmagens começam, no entanto, só então percebem os reais sentimentos que existem entre eles e nunca haviam se dado conta.

– The Act of Killing
Documentário traz entrevista com o líder paramilitar Anwar Congo e seus comparsas, incluindo o dono de um jornal, todos assassinos confessos vivendo livremente na Indonésia, orgulhosos de todos os seus crimes. Os diretores convencem Congo e sua gangue, que chegaram ao poder após o golpe militar de 1965, a encenar suas táticas de tortura e matança, como se fosse um filme de verdade, incluindo figurinos e efeitos especiais.

– Paul – O Alien Fugitivo
Dois fãs de ficção científica caem na estrada num RV alugado em peregrinação à Área 51, no deserto de Nevada, nos EUA. Eles só não esperavam encontrar na mítica base para experimentos com alienígenas um extraterrestre de verdade, Paul, que depois de 60 anos decidiu deixar o lugar e pegar carona com os primeiros que aparecessem.

– O Primeiro Mentiroso
Todas as pessoas, políticos, publicitários, homens e mulheres falam a verdade e a mais pura verdade sem pensar nas consequências. Mas quando um coitado chamado Mark repentinamente desenvolve o poder de mentir, ele vê que a desonestidade tem seus benefícios. Num lugar onde acredita-se que toda palavra dita é a verdade Mark facilmente consegue a fama e a fortuna. E, claro, um dos primeiros passos é tentar lucrar com a fé das pessoas.

– O Suborno do Céu
Em um vilarejo afastado, onde só há uma igreja, o novo padre da paróquia local decide cumprir a lei católica e se recusa a realizar a missa de sétimo dia de Aimer, um jovem que havia acabado de se suicidar. Ótima crítica às religiões organizadas.

Octavio Caruso


Escritor, crítico de cinema, ator, roteirista e cineasta, membro da ACCRJ (Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro) e da FIPRESCI (Federação Internacional de Críticos de Cinema).

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.