Texto do escritor uruguaio Eduardo Galeano.

A verdade é que o melhor momento para ser feliz é agora. Se não agora, quando? A vida é sempre tão cheia de desafios. É melhor admitir e decidir ser feliz de qualquer maneira. Uma das minhas frases preferidas: “Por longo tempo, parecia que a vida estava prestes a começar. A vida realmente. Mas, sempre havia um obstáculo no caminho, algo para resolver, alguns negócios inacabados, uma dívida a pagar. Só, então, a vida começaria. Até que percebi que esses obstáculos eram a vida”. Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não há um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.

Assim, valorize cada momento e valorize ainda mais se você pode dividi-lo com alguém especial, especial o suficiente para compartilhar seu tempo. E lembra que o tempo não espera por ninguém…Então, pare de esperar até você perder cinco quilos, até que se case, até que se divorcie, até sexta-feira à noite, até domingo de manhã, até a primavera, o verão, o outono ou o inverno, ou até que você morra para decidir qual o melhor momento para ser feliz…A felicidade é uma jornada, não um destino.

Nós nos convencemos de que a vida será melhor depois de casados, depois de ter um filho e, em seguida, depois de ter outro. Então, estamos frustrados porque as crianças não são grandes o suficiente e vamos ser mais felizes quando forem. Depois, nos frustramos porque temos adolescentes e são difíceis de tratar. Nós, certamente, seremos mais felizes quando deixarem essa fase. Dizemos a nós mesmos que nossa vida será completa quando tivermos um carro melhor ou uma casa melhor, quando pudermos sair de férias, quando nos aposentarmos.

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.