Adaptado do site  40Frases

Anna Lins dos Guimarães, ou simplesmente Cora Coralina, começou a escrever os seus primeiros textos aos 14 anos, publicando-os posteriormente nos jornais da cidade de Goiânia, e nos jornais de outras cidades, como constitui exemplo o semanário “Folha do Sul” da cidade goiana de Bela Vista e nos periódicos de outros rincões, assim como a revista A Informação Goiana do Rio de Janeiro, que começou a ser editada a 15 de julho de 1917. Apesar da pouca escolaridade, uma vez que cursou somente as primeiras quatro séries.

Os elementos folclóricos que faziam parte do cotidiano de Ana serviram de inspiração para que aquela frágil mulher se tornasse a dona de uma voz inigualável e sua poesia atingisse um nível de qualidade literária jamais alcançado até aí por nenhum outro poeta do Centro-Oeste brasileiro.

Senhora de poderosas palavras, Ana escrevia com simplicidade e seu desconhecimento acerca das regras da gramática contribuiu para que sua produção artística priorizasse a mensagem ao invés da forma. Preocupada em entender o mundo no qual estava inserida, e ainda compreender o real papel que deveria representar, Ana parte em busca de respostas no seu cotidiano, vivendo cada minuto na complexa atmosfera da Cidade de Goiás, que permitiu a ela a descoberta de como a simplicidade pode ser o melhor caminho para atingir a mais alta riqueza de espírito.

Aqui selecionamos quarenta frases das muitas que compõem sua belíssima obra:

Eu sou a terra, eu sou a vida. Do meu barro primeiro veio o homem. De mim veio a mulher e veio o amor. Veio a árvore, veio a fonte. Vem o fruto e vem a flor. — Cora Coralina

Enfeitei de folhas verdes a pedra de meu túmulo num simbolismo de vida vegetal. — Cora Coralinha

Morta… serei árvore, serei tronco, serei fronde e minhas raízes enlaçadas às pedras de meu berço são as cordas que brotam de uma lira. — Cora Coralina

Bem por isso mesmo diz o caboclo: a alegria vem das tripas — barriga cheia, coração alegre. O que é pura verdade. — Cora Coralina

Eu sou aquela mulher a quem o tempo muito ensinou. Ensinou a amar a vida e não desistir da luta, recomeçar na derrota, renunciar a palavras e pensamentos negativos. — Cora Coralina

Procuro suportar todos os dias minha própria personalidade renovada, despencando dentro de mim tudo que é velho e morto. — Cora Coralina

O amigo não passa a mão quando fizemos algo errado, está firme ao nosso lado, puxa a orelha, chama a razão! — Cora Coralina

Nasci em tempos rudes. Aceitei contradições, lutas e pedras como lições de vida e delas me sirvo. Aprendi a viver. — Cora Coralina

Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.— Cora Coralina

Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves na alma. — Cora Coralina

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. — Cora Coralina

Criança periférica, rejeitada / Teu mundo é o submundo. — Cora Coralina

Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. — Cora Coralina


Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores. — Cora Coralina

O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes. — Cora Coralina

O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher. — Cora Coralina

A Verdadeira coragem é ir atrás de seus sonhos mesmo quando todos dizem que ele é impossível. — Cora Coralina

Todos estamos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo. — Cora Coralina

Me esforço para ser melhor a cada dia. Pois bondade também se aprende. — Cora Coralina

Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça. — Cora Coralina

É que tem mais chão nos meus olhos do que cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça. — Cora Coralina

Se temos de esperar, que seja para colher a semente boa que lançamos hoje no solo da vida. Se for para semear, então que seja para produzir milhões de sorrisos, de solidariedade e amizade. — Cora Coralina

Verso do poema: minha cidade, minha vida, meus sentimentos, minha estética, todas as vibrações de minha sensibilidade de mulher, têm, aqui, suas raízes. — Cora Coralina


Eu sou a dureza desses morros revestidos, enflorados, lascados a machado, lanhados, lacerados. Queimados pelo fogo Pastados, calcinados e renascidos. — Cora Coralina

Coração é terra onde ninguém vê. — Cora Coralina

Poeta, não é somente o que escreve. É aquele que sente a poesia, se extasia sensível ao achado de uma rima à autenticidade de um verso. — Cora Coralina

Mais esperança nos meus passos do que tristeza nos meus ombros. — Cora Coralina

Acredito nos jovens à procura de caminhos novos abrindo espaços largos na vida. Creio na superação das incertezas deste fim de século. — Cora Coralina

Não morre aquele que deixou na terra a melodia de seu cântico na música de seus versos. — Cora Coralina

Nas palmas de tuas mãos leio as linhas da minha vida. — Cora Coralina

Versos… não. Poesia… não. Um modo diferente de contar velhas estórias. — Cora Coralina

Renovadora e reveladora do mundo. — Cora Coralina

Embora não possamos acrescentar dias à sua vida, podemos acrescentar vida aos seus dias. — Cora Coralina


Aprendi que mais vale lutar do que recolher dinheiro fácil. Antes acreditar do que duvidar. — Cora Coralina

Não lamente o que podia ter e se perdeu por caminhos errados e nunca mais voltou. — Cora Coralina

Quis ser um dia, jardineira de um coração. Cavei, plantei. Na terra ingrata nada criei. — Cora Coralina

Procuro suportar todos os dia minha própria personalidade renovada, despencando dentro de mim, tudo que é velho e morto. — Cora Coralina

Melhor do que a criatura, fez o criador a criação. A criatura é limitada. O tempo, o espaço, normas e costumes. Erros e acertos. A criação é ilimitada. Excede o tempo e o meio. Projeta-se no cosmos. — Cora Coralina

A humanidade se renova no teu ventre. Cria teus filhos, não os entregues à creche. Creche é fria, impessoal. Nunca será um lar para teu filho. Ele, pequenino, precisa de ti. Não o desligues da tua força maternal. — Cora Coralina

Linhas cruzadas, sinuosas, interferindo no teu destino. Não te procurei, não me procurastes – íamos sozinhos por estradas diferentes. — Cora Coralina

Mulher forte e talentosa são adjetivos que caracterizam Cora Coralina. Agora que você conheceu um pouco melhor sobre a poetisa brasileira e sua obra singela e tocante, que tal conferir nossa lista de frases de Fernanda Pessoa e imergir um pouco mais na literatura rica de nosso país? — Cora Coralina

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.