Adaptado de Psicologia para Niños

A autoestima infantil é a imagem que a criança tem sobre si mesma e é formada desde que começa a ter autoconsciência. Uma autoestima positiva ou negativa depende do resultado da equação entre o caráter da criança e o ambiente social que a cerca. Uma criança com boa autoestima será capaz de demonstrar autoconfiança, além de aceitar seus erros e realizações de maneira positiva.

Como promover a auto-estima das crianças

Os pais são o primeiro espelho no qual as crianças procuram começar a construir sua auto-imagem. Para ajudá-los a aumentar a auto-estima sólida, podemos:

1 – Reconhecer seus pontos fortes

Ao demonstrar qualidades ou virtudes, reconheça-as verbalmente, destacando o comportamento específico: “Que bom irmão você é! Obrigado por ajudar. “Como você pinta bem, eu amo esse desenho.” De acordo com o livro Como treinar crianças emocionalmente saudáveis?, Ajude seu filho a desenvolver seus pontos fortes e a combater suas fraquezas, é essencial que ele construa uma imagem positiva de si mesmo.

2 – Reconhecer seus esforços

Além das conquistas, parabenize-o pelos esforços, independentemente do resultado, para ajudá-lo a desenvolver perseverança e tolerância à frustração.

3 – Cuidar da nossa atitude em relação aos seus erros

Mostre naturalidade aos mesmos. Ensine-lhe que é normal estar errado quando estamos aprendendo e incentive-o a continuar praticando ou tentando maneiras diferentes de alcançar o que está querendo. Alterar “está errado” para “como posso ajudá-lo a melhorar?”

4 – Evitar rotulá-los

Há uma grande diferença entre classificar um comportamento e classificar uma pessoa. Em vez de dizer “você é um desastre”, diga “você deixou a sala bagunçada”, por exemplo.

5 – Mostrar-lhes nosso amor incondicional

Mesmo quando você ficar com raiva e repreendê-lo, deixe-o saber sempre que o ama. Nunca use o amor como moeda.

Quando uma criança tem boa autoestima …

  • Aprende melhor na escola
  • Reconhece e expressa suas emoções com mais frequência e facilidade
  • Envolve-se muito mais com os sentimentos de seus colegas de equipe e desenvolve mais empatia
  • Aprende a resolver conflitos conversando, procurando opções diferentes e avaliando as consequências antes de tomar uma decisão
  • Aprende a ver a mesma situação sob diferentes pontos de vista
  • É mais consciente de suas emoções, as expressa de maneira mais natural e aprende a regulá-las para se sentir melhor
  • Gerencia situações e conflitos de uma maneira melhor

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.