A maioria das pessoas foi vítima de manipulação em algum momento da vida. Muitas vezes fazemos coisas que não queremos por medo de dizer “não” e, assim, agradar a outros. Nós podemos até mesmo escolher mudar de personalidade só para nos encaixarmos em um grupo social.

No entanto, deixar-nos ser manipulados pelos outros acabará por destruir nossa autoestima, nossa segurança e confiança em nós mesmos. Se isso acontecer frequentemente, então deixaremos de ser quem somos, e o pior é que isso enfraqueceria nossa credibilidade perante os outros.

É por isso que, para evitar que nossos filhos experimentem as consequências de serem manipulados em sua vida adulta, é nosso dever como pais ensinar-lhes algumas lições que os ajudarão a ter mais confiança e segurança.

Dessa forma, eles poderão tomar suas próprias decisões sem ter medo do que os outros digam ou pensem.

Sem medo de dizer “não”

Como se sabe, as crianças vão formando conceitos das ações que aprendem de seus pais. Eles imitam tudo o que veem; por essa razão é importante ensinar aos filhos a não se deixarem manipular por outros com o exemplo; ou seja, começando em si mesmo para, assim, enviar mensagens assertivas a eles.

Como ensinar os filhos?

Existem frases poderosas que podemos dizer a nossos filhos para que eles aumentem sua segurança, confiança e amor-próprio; dessa maneira, aprenderão que não será a melhor opção guiar-se pelo que os outros dizem ou pensam, pois são capazes de fazer o que quiserem sem se sentirem obrigados.

1 “Dizer não”

Permita que seus filhos digam o que não gostam e discordem em casa ao expressarem suas ideias, sentimentos e emoções. Peça-lhes que expliquem as razões de seu desagrado para que você possa saber qual é a origem das coisas que não gostam de fazer.

Como regra de ouro, ensine-os que nunca devem ficar calados, pois a sua opinião será sempre importante.

Quando seus filhos expressarem seus divergências em qualquer situação, é importante escutá-los com atenção, evitar julgá-los e orientá-los para que eles conheçam as causas e consequências de qualquer decisão que venham a tomar.

2 “Defina limites”

Algumas crianças se deixam ofender pelos outros para que possam se encaixar em um grupo social. Tornam-se crianças com baixa autoestima por medo de não fazer qualquer coisa que os outros peçam para fazer.

Neste ponto, é evidente que as crianças não sabem estabelecer os seus próprios limites e, por esta razão, deixam-se manipular.

É importante que seus filhos aprendam a impor limites a todo o momento, explique-lhes que devem respeitar as outras pessoas, mas é ainda mais importante respeitarem a si mesmos primeiro.

Eles conseguem isso sendo valentes; ou seja, não tendo medo do que os outros vão dizer para, assim, expressarem as próprias ideias e opiniões, sem se importarem se suas ideias agradam aos outros ou não.

3 “Confie em si mesmo”

Muitas vezes, duvidamos de nós mesmos quando se trata de tomar decisões importantes, e por isso, recorremos às opiniões e ideias dos outros para nos guiar e fazer o que eles pensam que é o melhor.

Esta é uma forma clássica de manipulação, já que não acreditamos em nós mesmos por alguma razão.

Nossos filhos devem aprender a ter confiança em si mesmos, e isso se consegue quando tomam decisões (boas ou más) e enfrentam as consequências de cada situação.

Por isso é conveniente explicar-lhes que têm um poder dentro deles que os ajudará a escolher e pensar na melhor decisão, a que beneficie a eles mesmos e não aos outros.

4 “Ninguém cuidará melhor de você que você mesmo”

Sem dúvida, é impossível que os pais fiquem todo o tempo cuidando do que fazem seus filhos, seria uma utopia. Então, é importante ensinar aos filhos que eles são os únicos que podem se cuidar melhor que ninguém neste mundo.

Se eles não querem fazer alguma coisa que os ponha em perigo, que os prejudique física e emocionalmente, então deverão dizer “não quero”, sem necessidade de dar explicações ou detalhes aos outros; já que se trata de aprenderem a cuidar sozinhos de seu corpo e mente, sem que ninguém tenha que opinar por eles.

5 “Seja você mesmo”

“Você é uma pessoa maravilhosa, única e especial”, “Ninguém neste mundo é igual a você”. Quando lhes dizemos estas frases, elas irão automaticamente aumentar a sua autoestima, confiança e segurança.

Deste modo, podemos explicar aos filhos que não é necessário agir ou imitar ninguém, já que eles são autênticos e maravilhosos como são.

Explique aos seus filhos que não é necessário fazer o que os outros dizem para ter mais amigos, já que a verdadeira amizade aceita os defeitos e as virtudes das pessoas, ou seja, que não têm que mudar nada neles porque são especiais assim.

Se ensinarmos aos filhos as graves consequências que podem sofrer ao deixarem-se manipular pelos outros, então eles poderão tomar melhores decisões e, assim, cuidar de sua integridade e amor-próprio.

Lembre-se que não importa a idade de seus filhos, será sempre importante ensiná-los a serem eles mesmos, a terem confiança e segurança; para que possam tomar boas decisões no futuro.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa do original 5 claves para que tu hijo no se deje manipular por otros

do site familia.com.br

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.