Os valores são aprendidos em casa e é importante incutir em nossos filhos que o verdadeiro valor das coisas não está no custo material, mas no esforço que tivemos que fazer para alcançá-los, no que eles representam para nós ou, simplesmente, no carinho que desenvolvemos em relação a eles. Isso fará com que eles realmente apreciem tudo o que o envolve, desde a casa onde moram até o caderno que usam na escola.

Aliás, eles aprenderão a cuidar do meio ambiente, a se organizar com seus pertences, a respeitar a propriedade alheia e, o mais importante: a não criar falsas necessidades. Ao evitar a espiral do consumismo em que estamos envolvidos, a criança aprende a conservar, cuidar, reparar e reciclar; ações que o tornem cidadão consciente e respeitoso com o meio ambiente e feliz, vivendo sem a necessidade de consumir para consumo, o que apenas leva a um sentimento de insatisfação permanente.

Como podemos fazer nossos filhos verem o verdadeiro valor das coisas?
Damos a você 5 dicas que certamente serão muito úteis para você, além de se divertir colocando-as em prática:

1 – Faça uma caixa do tesouro

Crie neles o hábito de guardar suas “memórias especiais” em uma caixa. Seja em um passeio, em uma excursão ou em uma viagem, faça com que colecionem coisas que signifiquem algo para eles, ou que simplesmente gostem: uma pedra com uma forma especial, um recorte de uma revista, o ingresso de algum lugar que eles visitaram … Eles podem coletar seus tesouros em uma caixa que eles tenham decorado ao seu gosto, pintando-as, colocando recortes coloridos, adesivos, como preferirem e desejam.

2 – Quando for a hora de presentear alguém… que seja com algo manualmente feito por eles

Fazer artesanato para doar é muito enriquecedor. Existem muitas opções: uma boneca, uma bolsa, uma foto com uma moldura feita por nós mesmos, uma caixa personalizada para guardar coisas ou um caderno com uma capa projetada por nós única e especial. No Pinterest, por exemplo, podemos encontrar milhares de ideias para presentes sem recorrer à compra em loja. Além disso, o papel para embrulhar pode ser reciclado com jornais, por exemplo. Certamente podemos pensar em muitas boas idéias.

3 – Crie um selo pessoal para as coisas

Fazer um selo que adorna cada coisa que pertence a eles é uma maneira de que, se algo se quebrar ou se perder, não será mais o mesmo para substituí-lo, de modo que a percepção desse objeto mudará e, inevitavelmente, mais cuidados serão tomados e mais valorizados .

4 – Que toda recompensa tem um porquê

Vamos evitar dar de graça ou apenas porque queremos ou eles nos pedem. Vamos tentar fazer com que cada presente tenha um significado positivo além do material.

5 – Pregar pelo exemplo

É essencial que seus filhos vejam que você não desperdiça, que não compra sem necessidade real, que compara preços e cuida de seus pertences. Eles vão se acostumar a agir assim sem perceber. Vamos aproveitar para reduzir o desperdício e criar consciência ecológica.

Do site bosquedefantasias.com / via Psicologia para niños

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.