O psicanalista francês Jacques Lacan (1901-81), em foto de 1971. (Reprodução)

O psicanalista Jacques-Marie Émile Lacan nasceu na França, em Paris, em 1909 e revolucionou a história da psicanálise dando origem a uma nova corrente chamada lacanismo.

O médico acreditava que a linguagem era a maior forma de expressão do inconsciente, então faz todo sentido que paremos para pensar nas 20 frases mais célebres de Lacan que refletem suas ideias.

Lacan passava as suas ideias principalmente através de palestras, discursos, ou seja: através da fala. Apesar de não ser um orador fácil de compreender, algumas das suas ideias em relação ao desejo, ao inconsciente e à nossa posição em relação ao mundo ficam claras através de algumas de suas frases famosas:

“A verdade só pode ser dita nas malhas da ficção.”

“O desejo enquanto real não é da ordem da palavra e sim do ato.”

“A angústia surge do momento em que o sujeito está suspenso entre um tempo em que ele não sabe mais onde está, em direção a um tempo onde ele será alguma coisa na qual jamais se poderá reencontrar.”

“Deus sabe o que se agita por trás deste fantoche que se chama homem.”

“Não fica louco quem quer.”

Esta frase Lacan escreveu na parede da sala de plantão quando trabalhava com pacientes no hospital de Sainte-Anne, em Paris. E apesar de ser uma frase estranha, o significado é simples:para ser louco, não basta querer, é preciso cumprir alguns requisitos psíquicos e neuróticos que só algumas pessoas possuem.

“Por nossa posição de sujeito, sempre somos responsáveis.”

“A linguagem é uma elucubração de saber sobre a língua.”

“Só é verdade na medida em que é verdadeiramente seguido.”

“A única coisa da qual se pode ser culpado é ter dado base ao desejo de alguém.”

“Todos os tipos de coisas neste mundo se comportam como espelhos.”

Lacan usou o “estágio do espelho” como a base fundadora da psicologia lacaniana. Ele quer dizer que as pessoas tentam construir o lugar delas no mundo a partir das imagens dos “outros”: as coisas que nos rodeiam.

Frases de Jacques Lacan sobre o amor

Lacan ficou famoso por suas declarações negativas sobre o amor romântico como conhecemos: ele costumava dizer que não amamos o outro, mas sim a imagem que construímos dele com base em nossos desejos.

Além disso, por acreditar que ninguém era capaz de conhecer a nós além de nós mesmos, o psicanalista encarava o amor de forma geral como uma simulação. Dá para entender um pouco desse pensamento com as frases abaixo.

“Amar é dar o que não se tem a alguém que não quer.”

O humor ácido de Lacan nesta frase tenta explicar algo simples: amamos as pessoas geralmente em busca de algo que nos falta, e isso que “falta” é que nos faz procurar amores, ou seja: oferecemos o que não temos, o que falta, o nada.

“O que importa quantos amores você tem se nenhum deles te dá o universo?”

“O amor, certamente, faz signo, e ele é sempre recíproco.”

“Amor é trocar nada por coisa nenhuma!”

“Quando alguém ama, não tem nada a ver com sexo.”

Frases de Lacan sobre a vida, identidade e o ser humano

Uma das revoluções propostas por Lacan em relação ao pensamento freudiano, é que o inconsciente, em vez de ser encarado como uma coisa “fora do comum”, algo que ninguém sabe o que é, onde fica, como se explica e etc., podia ser explicado através da forma como nos comunicamos.

Esse e outros pensamentos foram sistematicamente estudados pelo autor como uma ciência, e não só como uma questão “médica”. Suas ideias influenciaram muitos líderes políticos da década de setenta e até hoje é base de estudo para a psiquiatria, linguagem e outras áreas.

“Se existe um objeto de teu desejo, ele não é outro senão tu mesmo.”

Quando nos relacionamos, colocamos no outro as expectativas que nós mesmos temos. Experimentamos na pessoa amada algumas de nossas características e, acreditava Lacan, quando nos frustramos com o amado ou amada, essa frustração seria conosco mesmo, e não com outro indivíduo. Afinal, no íntimo todos temos referenciais parecidos.

“O Ser do homem não pode ser compreendido sem sua loucura, assim como não seria o ser do homem se não trouxesse em si a loucura como limite de sua liberdade.”

“Há alguma coisa que se repete na sua vida, que é sempre a mesma, essa é a sua verdade. E o que é essa coisa que se repete? É uma certa maneira de gozar.”

“Eu sempre falo a verdade. Não toda a verdade, porque não há como dizer tudo. Dizer tudo é literalmente impossível: as palavras falham. No entanto, é através dessa impossibilidade que a verdade se agarra ao real.”

“A ansiedade, como sabemos, está sempre ligada a uma perda… Com uma relação de dois lados a ponto de desaparecer para ser substituída por outra coisa, algo que o paciente não pode enfrentar sem vertigem.”

 

 

Do site Pensador

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.

COMENTÁRIOS