Felipe Moreira dos Santos, de 32 anos, enfrenta um câncer raro no baço e, ao acompanhar o exame de ultrassonografia de sexto mês do primeiro filho, acredita ter recebido um sinal divino. O bebê fez um “V” de vitória com a mão, dentro do útero.

Há cerca de nove meses, Moreira descobriu um tumor maligno de 20 centímetros no rim esquerdo e teve de ser submetido a uma cirurgia de emergência para a retirada do órgão.

“Antes da cirurgia, pedi para que Deus não me levasse, porque meu sonho é ser pai. Um mês depois da cirurgia, minha mulher ficou grávida e vou ser pai”, explicou Felipe em entrevista ao portal G1.

Quando refez o exame para saber se havia vestígios do câncer, o rapaz descobriu mais um tumor – desta vez, alojado no baço – e, então, seguiu para Barretos, em São Paulo, onde deu início a novo tratamento no Hospital do Amor.

Felipe descobriu câncer raro há pouco mais de nove meses — Foto: Arquivo Pessoal

Por conta do tratamento contra o câncer, Felipe nunca conseguiu acompanhar a esposa, Camila Ferreira, nos atendimentos de pré-natal. Desejando que o bebê fosse um menino, ele decidiu acompanhar a consulta da mulher, e recebeu uma grata surpresa.

“Dessa vez, ela insistiu para eu ir junto, e falei que não sabia se conseguiria. Na noite anterior, ela me perguntou de novo, mas disse que não sabia como ia acordar. De manhã, me senti um pouco melhor e decidi ir.”

No ultrassom, ele se deparou com a surpresa de ver o filho Davi fazendo um sinal de “V” com uma das mãozinhas. “Até a médica falou: ‘Olha, ele fez o sinalzinho de vitória com a mão’. Eu fiquei sem acreditar”, afirma.

Ele encara a situação como um sinal divino de que vai conseguir superar o tratamento e vencer a doença.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.