O amante dos carros, Osamu Furukawa, está pegando carros clássicos e dando a eles uma nova vida como veículos elétricos ecológicos. Furukawa é o presidente da Oz Corp. sediada em Yokohama, uma empresa que converte carros movidos a gasolina em veículos movidos a energia elétrica.

O modelo mais recente da empresa é o e-Bug, um carro elétrico baseado na versão anterior do icônico Fusca. Eles escolheram o fusca porque é um carro que há muito tempo atrai os corações de motoristas e entusiastas de carros com seu corpo redondo e aconchegante e sons de motor únicos e agitados. A Oz criou este modelo por conta própria, ao contrário dos outros carros que eles criaram que envolviam levar um carro velho com motor a gasolina e adaptá-lo a um motor elétrico como uma ordem personalizada.

Crédito da imagem: Oz Corp

O exterior e o interior do e-Bug foram feitos na Ala de Tsuzuki, onde Oz cria suas obras-primas. É quase o mesmo que o VW Fusca original, com exceção do som do motor. O motor elétrico é suave e silencioso quando você pressiona o pedal do acelerador. Mas “o volante é pesado e o motorista pode sentir vibrações enquanto dirige da mesma maneira que o fusca original”, disse Furukawa, 48, enquanto manipulava a roda de um e-Bug. O e-Bug pode conduzir até 55 milhas com uma única carga. O custo para comprar um começa em cerca de 2,65 milhões de ienes ou 23 mil dólares.

Furukawa disse ao Asahi Shimbun:

“O e-Bug pode ser chamado de um carro clássico futurista, porque o modelo possui o mesmo design que o fusca nos tempos antigos, mas tem as mais recentes características ecológicas e não é frequentemente atormentado por problemas mecânicos, ao contrário de veículos velhos.”

A história de Oz

Muitos anos atrás,  Furukawa fundou uma empresa para vender autopeças e carros reformados. Naquela época, os consumidores queriam atualizar seus veículos como uma declaração de moda, além de melhorar o desempenho de direção do veículo. Eventualmente, as minivans cresceram em popularidade e os carros eram meramente para o transporte, em vez de serem usados como uma maneira de se expressar. Então, veículos híbridos a gás e elétricos foram lançados e ele previu que o recurso ecológico se tornaria mais importante do que a potência e a aceleração do motor no futuro. Então, ele começou a operar como um agente de remodelação de carros para abastecer os clientes da próxima era ambientalmente consciente. Foi aí que Furukawa teve a ideia de transformar carros movidos a gás disponíveis comercialmente em carros elétricos.

“Poucas agências no Japão oferecem serviços de conversão de carros elétricos. Eu quero fazer do negócio um gênero bem estabelecido ”. –  disse Furukawa


Fonte: The Asahi Shimbun

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.