Elizabeth Webster e Alexander Burckle estão movendo uma ação judicial milionária contra uma empresa de turismo do Havaí, alegando terem sido abandonados no oceano durante uma excursão de mergulho na lua de mel.

O casal está buscando uma indenização por danos gerais e sofrimento emocional no valor de US$ 5 milhões (cerca de R$ 26 milhões).

Sobre o incidente

O incidente ocorreu em setembro de 2021, quando eles reservaram uma excursão de mergulho com snorkel com a empresa Sail Maui para visitar a ilha de Lanai. Segundo a denúncia, depois de chegar ao local de mergulho, o capitão informou que eles teriam uma hora para explorar antes de seguir para outro local.

No entanto, o casal afirma no processo que não recebeu informações específicas sobre o horário de retorno ou o que fazer em caso de emergência. Durante o mergulho em águas calmas e claras, eles notaram que o mar estava ficando mais agitado e decidiram voltar para o barco.

No entanto, eles relataram que a embarcação já havia partido para o próximo local. O processo afirma que os tripulantes realizaram três contagens de passageiros, mas outros participantes do passeio afirmaram que as contagens foram “muito desorganizadas”.

As alegações do processo

Elizabeth Webster e Alexander Burckle afirmam que, durante um passeio de mergulho em sua lua de mel, foram abandonados em águas profundas e turbulentas pelo barco da empresa de turismo Sail Maui, no Havaí.

Segundo o constante no processo, a empresa não informou o horário de retorno ou instruções para emergências, e as contagens de passageiros foram desorganizadas. Webster e Burckle nadaram até a costa de Lanai, onde foram encontrados por moradores locais.

A empresa ainda não se pronunciou sobre o caso, mas teria mudado seu protocolo desde o incidente. O casal está processando a empresa por danos gerais e sofrimento emocional, pedindo a milionária indenização.

Leia tambémConheça a boca artificial que permite beijar parceiro de qualquer lugar do mundo [VIDEO]

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Fonte: Correio 24h







Gabriel tem 24 anos, mora em Belo Horizonte e trabalha com redação desde 2017. De lá pra cá, já escreveu em blogs de astronomia, mídia positiva, direito, viagens, animais e até moda, com mais de 10 mil textos assinados até aqui.