Você já parou para prestar atenção em algum anúncio da internet? Ou se interessou por uma publicidade específica sem muita explicação? É sobre isso e muitas outras atitudes que te explicaremos agora.

A maioria das pessoas é bombardeada por informações diariamente na internet. Desde anúncios, propagandas, vídeos, textos e imagens. Mas o que leva alguma dessas informações a chamarem sua atenção imediatamente? Será que existe um motivo por trás de tudo isso?

As Leis da Gestalt têm sido utilizadas há muito tempo por grandes empresas na elaboração de publicidade. Grandes marcas como Amazon e Johnnie Walker utilizaram esses conceitos na criação de seus logos e na identidade visual da marca.

Outras como a Coca-Cola usam regularmente esses conceitos como recurso na criação de marketing digital. Tudo isso está inserido em um conjunto de fatores que chamam a atenção do cliente e brinca com estímulos diversos, o que causa uma percepção única da marca.

A psicologia tem sido um dos assuntos mais buscados pelos empreendedores que desejam agregar mais conhecimento para os negócios.

Assim como essa ciência pode te ajudar a desenvolver habilidades interpessoais e proporcionar maior entendimento sobre comportamento do consumidor, a psicologia também é essencial para criação de uma identidade que esteja alinhada à imagem da marca.

Quer saber mais sobre como tudo isso irá te ajudar nos negócios? Separamos algumas informações que te mostrarão como as Leis da Gestalt influenciam no sucesso de uma marca.

O que são as Leis da Gestalt?

Todas as imagens, embalagens, avisos, formas e cores são estímulos visuais que passam por um processo psicológico individual e subjetivo. Você já deve ter vivenciado alguma situação onde a mesma imagem que você enxergava era vista por alguém próximo de outra forma.

Isso acontece porque a nossa percepção é influenciada por multifatores conjunturais, inclusive experiências passadas e bagagem visual. Porém, a psicologia nos traz fundamentos e estudos de determinados padrões visuais, como é o caso das Leis da Gestalt.

A palavra Gestalt tem origem alemã e uma tradução um pouco difícil. No entanto, alguns autores nos trazem definições como: forma, estrutura, padrão e configuração. A partir daí podemos tirar algumas conclusões sobre do que o assunto se trata.

A teoria da Gestalt surgiu nas primeiras décadas do século XX, desenvolvida por Wolfgang Kohler e Kurt Koffka, dois psicólogos alemães. Assim como a semiótica, os conceitos da Gestalt nos mostram como existe uma padronização na forma como enxergamos os objetos e as formas contidas nas imagens.

Você já se enganou com alguma ilusão de ótica? Isso acontece porque temos tendência a visualizar a imagem como um todo, mas em um segundo momento, podemos analisar as pequenas partes e formatos que compõem a imagem.

O princípio básico da Gestalt é que o todo é maior do que a soma das partes, ou seja, a imagem como um todo é interpretada de forma diferente do que a soma de todas as suas partes.

Para explicar melhor de que forma tudo isso acontece, conheça as 8 leis que compõem a Teoria da Gestalt.

Lei da Semelhança

Esse primeiro conceito diz respeito a objetos similares, e traz a ideia de que eles se agrupam entre si. Ou seja, aqueles objetos que possuem formas parecidas, cores, texturas e aparência geral parecidas tendem a serem vistos como uma só unidade.

O nosso cérebro procura automaticamente uma forma de simplificar e organizar os elementos vistos. Um grande exemplo da Lei da Semelhança pode ser visto no logo da Microsoft, que utiliza também outras leis da Gestalt, além da semelhança.

Lei da Proximidade

Aqui o agrupamento acontece por meio da proximidade, ou seja, os elementos próximos se tornam um só.

Este é uma das leis mais aplicadas em plataformas e layout de sites. Hoje em dia com as plataformas digitais cada vez mais dinâmicas, as empresas precisam investir não só nos serviços de hospedagem de sites como também em web designers, que entenda e utilize todos esses conceitos da Gestalt.

Além das mídias digitais, as grandes construtoras e arquitetos também utilizam a proximidade como estratégia para unificar as formas. Um exemplo de logo que representa esse conceito é a da marca Adidas.

Lei da Continuidade

Tende a seguir uma direção ocasionada por elementos próximos. Uma das formas de organizar os elementos no nosso cérebro é criar linhas contínuas de forma involuntária. Nossa mente cria direções e alinhamentos dos elementos de uma imagem, tornando qualquer imagem mais harmônica e de fácil compreensão.

Lei da Pregnância

Também conhecida como a lei da simplicidade, pois nosso cérebro irá simplificar qualquer objeto visto. Quanto mais simples a imagem, mais fácil ela será associada e assimilada.

Esse é o princípio geral das percepções da Gestalt, que valoriza a imagem como um todo. Imagens com alta pregnância, ou seja, que possuem elementos harmônicos e de rápida associação, serão imagens facilmente memorizadas e associadas à sua marca.

Um grande exemplo disso é o logo da Apple, simples e de fácil associação.

Lei do Fechamento

Mostra uma tendência dos nossos processos cognitivos a completar elementos que faltam em uma imagem, que garante maior compreensão da mensagem. Nossa mente tem a capacidade de “fechar” elementos incompletos.

Lei da Unificação

Todos nós possuímos uma capacidade de unificação em resposta aos estímulos visuais. A Lei da Unificação é bem parecida com a do Fechamento, porém traz uma percepção de unidades complexas, uma tendência a interpretar as imagens e unificar os elementos pela sua familiaridade.

Lei da Unidade

Você consegue visualizar os elementos contidos em uma imagem de forma isolada? A Lei da Unidade é justamente sobre a capacidade de um elemento ser único e ao mesmo tempo, ser parte da construção total de uma imagem.

Lei da Segregação

Dependendo do estímulo causado pelas formas e cores, um elemento pode se destacar dentro do todo. O nosso cérebro facilmente consegue diferenciar e destacar elementos específicos, que sobressaem aos outros dentro da imagem.

Essa segregação pode ocorrer por meio de sombras, contrastes, linhas, relevos e várias outras formas. Essa Lei nos permite evidenciar elementos mais importantes e dar maior enfoque para determinada mensagem.

A importância das Leis da Gestalt para o seu negócio

Muito além de entender comportamento do cliente, networking e desenvolvimento de habilidades pessoais, a psicologia também pode ser uma grande aliada na construção dos conteúdos visuais de uma empresa. Mas qual a importância da comunicação visual?

Hoje em dia, com a rapidez e o fácil acesso das informações de todos os formatos, dificilmente as pessoas param para ler textos ou mensagens longas das marcas na internet. O ser humano é completamente visual e investir nesses estímulos visuais garantirá um alcance de público muito maior para sua empresa.

Além disso, os consumidores atuais procuram muito mais do que apenas um produto, mas também uma identificação e um propósito nas marcas.

A identidade visual das empresas será decisiva nesse momento e deixará sua marca no cliente. Todos esses fatores criam uma memória de fácil associação, de acordo com o nível de pregnância da imagem.

Quanto maior a visibilidade da empresa, melhor serão os negócios. É muito importante que os empreendedores invistam cada vez mais na comunicação visual por meio das Leis da Gestalt. Desde os logotipos, anúncios e embalagens, é necessário difundir esses conteúdos na internet e propagar o conceito da marca.

Várias grandes marcas já utilizam dessas ferramentas no mercado e alcançaram grande visibilidade por meio das plataformas digitais. A internet funciona como uma vitrine de ideias, produtos e imagens. É por meio dela que os pequenos negócios se tornam grandes empreendimentos.

Para divulgar uma marca na internet hoje em dia é necessário antes de tudo contratar uma empresa que forneça serviços de hospedagem de sites e domínio(caso ainda não contratou a sua clique aqui). O próximo passo é sem dúvidas investir em bons profissionais para a criação de conteúdo.

Até para os micro empreendedores que possuem dificuldades ou algumas limitações em relação às mídias digitais, o acesso a essas informações está cada vez mais acessível na internet.

Desde referência de empresas de serviços de hospedagem de sites até a profissionais publicitários que fazem campanhas de marketing, tudo isso está disponível para todos em um clique.

A maioria dos designers utilizam as Leis da Gestalt em quase todos os conteúdos produzidos para as marcas e dificilmente você conseguirá distinguir esses conceitos ao visualizar a imagem como um todo. Isso acontece porque eles unem várias Leis da Gestalt em uma única imagem, e é isso que a tornará de alta pregnância.

Conclusão

Já consegue visualizar como a psicologia pode te ajudar nos negócios? As possibilidades são inúmeras, como é o caso das Leis da Gestalt.

Conseguir prender a atenção do cliente em tempos de alta demanda na internet é um diferencial para qualquer empresa. Por isso, invista em conteúdos visuais, entenda sobre a Teoria da Gestalt e utilize os elementos da percepção a seu favor.

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.