Se há algo que podemos exultar neste grande caos chamado coronavírus, diz respeito à suspensão das touradas. É isso mesmo: na Espanha, de Madri a Valência, de Castellón a Murcia e Arnedo, todas as touradas programadas para o mês de março foram canceladas e 120 touros são salvos (pelo menos por enquanto).

Por enquanto, 21 touradas foram canceladas e a AnimaNaturalis, organização de proteção animal que também solicita a suspensão imediata de shows no resto da Espanha e que o setor de touradas não receba auxílio estatal para compensar os cancelamentos sofridos.

Como outros eventos esportivos e não esportivos, o setor de touradas também parou: Madri, Valência, Castellón, Murcia e Arnedo já cancelaram todos os eventos em março e 120 touros são salvos no momento!

Mas do setor de touradas, que começa a reconhecer que mesmo aqui o coronavírus será um duro golpe, principalmente para toureiros, criadores e empresários, ele começou a reagir: a Fundação Toro de Lidia já solicitou o ministro da Cultura, José Manuel Rodríguez Uribe, uma reunião de emergência “para poder estudar o quanto antes a possibilidade de lançar planos de emergência, recuperação e apoio à indústria”.

Obviamente, os ativistas dos direitos dos animais não estão dispostos a ceder, agora mais do que nunca, e estão pedindo com uma petição para erradicar o abuso de animais de uma vez por todas. O pedido é dirigido ao ministro da Cultura, José Manuel Rodríguez Uribe, para que ele “não aloque um euro de recursos públicos para ajudar financeiramente o setor de touradas”.

Para não alocar recursos para financiar o resgate da tourada, AQUI está a petição que você também pode assinar.

Fonte: GreenMe

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.