Desculpa! – A palavra que somos ensinados a dizer a partir do momento em que aprendemos a falar quando fizemos algo que não deveríamos ter feito. Desculpa, é apenas isso, no entanto – uma palavra. O mais importante é a intenção por trás da pessoa que a pronuncia, e isso pode variar bastante.

Embora às vezes seja fácil saber quando o pedido de desculpas de alguém não é genuíno, por exemplo, um “desculpe …” altamente sarcástico, geralmente acompanhado de um suspiro exagerado e revirar dos olhos, nem sempre é tão óbvio.

Muitas vezes, os pedidos de desculpa dissimulados são mais difíceis de decifrar das pessoas mais próximas a nós ou de quem passamos muito tempo. Isso porque a pessoa próxima da gente, nos conhece melhor, conhece o suficiente para saber o que dizer e como dizê-lo sem realmente significar nada.

Um pedido de desculpas sem uma mudança de comportamento não é um pedido de desculpas, é manipulação.

Então, como você sabe quando alguém está realmente arrependido ou simplesmente está dizendo o que você quer ouvir?

4 tipos de desculpas falsas

  1. Presentear como pedido de desculpas

Flores, chocolates, ingressos para o seu show favorito – apesar de adorável, sem o acompanhamento de “Sinto muito pelo que fiz com você” e a seguinte mudança de comportamento, essas coisas são apenas uma ferramenta para se distrair. A pessoa em questão não está realmente arrependida, ela simplesmente não quer que você fique com raiva dela ou a force a fazer o trabalho pessoal de mudar. Ao mimar você com “amor” na forma de presentes, você esquecerá que eles realmente não se desculparam, e o comportamento se repetirá como um disco quebrado.


Newsletter

2 – O pedido de desculpas defensivo

“Sinto muito, mas …” Este é o pedido de desculpas que sempre coloca a culpa em você. Em outras palavras, a pessoa não se arrepende do que fez, porque se sente justificada em suas ações. Ela então faz uma palestra sobre tudo que você está fazendo de errado, transformando-se em vítima e você em culpado. Esta é uma tática comum com narcisistas. No final de tudo, você quem acaba pedindo desculpas a ela, apesar da imensa dor que ela supostamente tenha te causado.

3 – O pedido de desculpas da cena dramática

Eles choram, se jogam no chão, falam sobre como estão quebrados e como são uma pessoa terrível, e seria melhor deixá-los à sua própria miséria. Esse pedido de desculpas costuma ser o último recurso para os narcisistas, quando eles se sentem encurralados e não sabem mais o que fazer. Eles o distraem de sua própria mágoa, fazendo você se sentir mal por eles e levando você a se desculpar com eles mais uma vez. Nesse caso, eles nunca se desculpam

4 – O pedido de desculpas da inversão de culpa

Quando a pessoa estiver confiante de que tem total confiança, ela usará essa tática. Ao contrário do pedido de desculpas defensivo, ela nunca se desculpa. No minuto em que você menciona algo que ela fez que o machucou, esta imediatamente transfere a culpa para você, apontando supostas coisas que você fez de errado. Geralmente, essas acusações nem são verdadeiras. Esse tipo faz você acreditar que você o pressionou a fazer o que ele fez para machucá-lo, que ele não tinha escolha. Certamente está usando seu amor e coração bondoso para manipular você nesse padrão negativo.

As pessoas que usam esses tipos de desculpas não são as que você precisa em sua vida. Elas continuarão a usar e manipular você, se você continuar deixando. Mantenha-se firme e não se permita permanecer nesse ciclo.

Adaptado de Family Life Goals

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.