Apesar de ser uma época de muita correria, esforço intelectual e até mesmo de muito esforço físico, a maioria dos alunos acaba conseguindo superar o desafio de escrever seu TCC para se formar. Mas se você está tendo sérios problemas para conseguir isso e está buscando um site confiável que possa te ajudar, não se preocupe, pois vamos abordar de maneira prática algumas dicas para você não cometer o erro de desistir na metade do caminho.

Por que escrever um TCC é tão difícil?

Você não precisa se sentir mal por ter dificuldades na hora de escrever um TCC. Em suma, é como se nos pedissem para escrever um trabalho acadêmico e profissional quando não tivéssemos literalmente concluído nossa formação universitária, que deveria ser de cinco anos e ter uma especialização na área de nossa escolha.

Desta forma, podemos concluir que o TCC constitui um verdadeiro dos novos e exigentes planos de estudos, para os quais, geralmente, há pouca preparação prévia. O número médio de páginas de trabalho do curso para estes TCCs tende a ficar em torno de 40-50, com poucas exceções. Portanto, devemos diferenciar conceitualmente este tipo de trabalho daqueles que normalmente escrevemos para outros assuntos.

Como posso tornar mais fácil a tarefa de escrever um TCC?

O grau de interesse refletirá o número de horas investidas em sua conclusão. Provavelmente, esta será a  primeira vez que você irá se deparar com uma obra a ser entregue a médio e longo prazo, e assim voc~e deve usar isso a seu favor.

O TCC costuma ser feito dentro do período de um ano acadêmico e sua duração e nível de demanda significarão que raramente pode ser concluído em menos 4-5 meses. Tudo dependerá da vontade do aluno, de seus interesses, objetivos e gostos pessoais, e do grau de satisfação com o tema atribuído ou escolhido. Da mesma forma, o grau de completude ou simplicidade na sua preparação final mostrará o perfil do aluno, o seu nível de autoexigência e os objetivos que pretende alcançar ao final do documento. Esses fatores podem ser determinantes na posterior qualidade técnico-científica dos trabalhos a serem apresentados e avaliados positivamente pelo tribunal de habilitação. Outro ponto a ter em mente é que pode ser uma boa ideia pensar em professores que nos ajudem para serem nossos orientadores, seja porque são próximos a nós, seja porque sabem muito sobre o nosso tema. Em muitos casos, trata-se de pessoal de pesquisa recém-credenciado ou com carga docente menor e, portanto, podem prestar um atendimento melhor. Às vezes é melhor escolher de acordo com o tema do que o tutor, mas é uma decisão muito pessoal. Tudo tem suas vantagens e desvantagens.

Devemos também levar em consideração a especialidade de pesquisa de cada professor, pois eles atenderão muito melhor se for uma disciplina que eles dominam. Como alunos, estamos sempre em desvantagem, já que os professores sempre sabem muito mais.

Organize a bibliografia sobre o tema – Leia para conseguir escrever

Não só precisaremos ler e anotar as informações mais relevantes, mas também tentaremos assimilar novas ideias. As ideias podem formar a base para construir as perguntas que tentaremos responder no TCC. Se alguma ideia for mal desenvolvida por especialistas, pode ser objeto de estudos mais aprofundados no TCC.

O TCC deve ser versátil o suficiente, e para isso você deve se concentrar nas suas pesquisas. Podemos fazer as perguntas de uma certa perspectiva, que será o ângulo de onde veremos o trabalho. A perspectiva pode mudar o tratamento e a profundidade do trabalho, então raramente haverá coincidências com outros trabalhos publicados. Quanto mais elaboramos o método, as hipóteses e quanto melhor definirmos a nossa perspectiva, mais originalidade e complexidade terá o trabalho. No início, muitas ideias surgirão, mas nem todas serão válidas para enfocar o TCC. Seja como for, é melhor anotá-los o mais rápido possível, para que não sejam esquecidos. Ao longo de seu desenvolvimento, as menos adequadas serão descartadas. Relacionar diferentes conceitos é outra chave para gerar novos conhecimentos.

Quando o suficiente já tiver sido lido, estaremos em condições de traçar um referencial teórico e um estado da arte para o tema escolhido. O referencial teórico estará relacionado às ideias e hipóteses que propomos e aos argumentos que as sustentam ou contradizem. O estado da arte consistirá em descrever os métodos tradicionalmente utilizados na disciplina para enfrentar o estudo, os avanços e avanços da mesma, que ao mesmo tempo podemos utilizar para delimitar o escopo de nosso estudo e desenhar ou seguir uma metodologia. Em qualquer caso, serão seções que poderão ser incluídas no TCC, de preferência na introdução ou imediatamente após ela.

Escrever não é nenhum bicho de sete cabeças

O tema central do TFG devem ser os capítulos de desenvolvimento, e é por eles que você deve começar, deixando introdução e conclusão para o final. Eles constituirão a maior parte do nosso projeto e seguirão a introdução, a explicação da metodologia e os objetivos propostos. As análises podem ser muito variadas, dependendo do ramo do conhecimento.

Você também deve ter clareza sobre as etapas e tópicos de cada capítulo: é conveniente ter em mente alguns blocos a partir dos quais se aprofundar em tópicos mais específicos. Cada capítulo dentro desses blocos ocupará uma extensão de 2 a 5 páginas, aproximadamente. Em geral, este tipo de projeto requer maior precisão do que simples trabalhos de meio do ano, por isso é necessário saber como estabelecer os limites entre um tema e outro dentro de um bloco. de conteúdos. As conclusões devem refletir o processo de amadurecimento e aprendizagem. Não devem ser muito difíceis de escrever, pois a essa altura já teremos uma ideia bastante elaborada sobre o alcance ou cumprimento dos objetivos propostos. Alguns acreditam que são apenas um resumo do que já foi discutido, mas isso é falso. Eles devem contribuir com algo novo para o que já é conhecido. Geralmente são a parte mais fundamental de qualquer trabalho acadêmico ou de pesquisa. Recomenda-se que sejam precisos e não ocupem mais do que 4-5 páginas.

Imagem Pikist / Domínio Público

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.