Há muitas pessoas que têm medo desses animais. Drljaca Milena e seu namorado Nenad não são desses. Quando viram uma cobra morrendo de sede, preferiram ajudá-la em vez de machucar ou fugir. O animal agradeceu.

Enquanto caminhava pelo Parque Nacional Phanom Bencha, na cidade de Krabi, no sul da Tailândia, a fotógrafa Drljaca Milena e seu namorado Nenad Preradovic encontraram uma cobra de cauda vermelha verde que, como outros animais locais, se aventurava no caminho em busca de comida e água durante a seca severa no país.

Preradovic, que entende a herpotologia, percebeu que a cobra estava extremamente desidratada. Já não chovia há semanas e no parque se podia ver que toda a natureza ao seu redor sofria por isso. Essa cobra poderia morrer de sede a qualquer momento, e esses caminhantes conscientes não permitiram.

O homem derramou água na mão em concha e puxou a cobra não letal em sua direção. A cobra sedenta aceitou a oferta e lambeu com gratidão a água oferecida.

O país sofre uma seca severa nos últimos meses, com muitas cobras se aventurando fora de seu habitat natural em busca de comida.

A fotógrafa aproveitou para registrar o momento de ternura entre o namorado e a cobra e fez o upload no perfil do Facebook. O vídeo viralizou imediatamente.

Centenas de pessoas comemoraram o gesto dos caminhantes e ficaram surpresas ao ver um animal tão temido agindo como uma criança sedenta e cansada, que só precisava de um pouco de água para continuar seu caminho sem prejudicar ninguém.

Existem animais macios e fofos, além de outros escamosos e aterrorizantes. Mesmo assim, todos os animais possuem uma bondade inata e merecem nossa ajuda.

Upsocl

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.