A realidade que ultrapassa a ficção. A história de Saroo Brierley é impressionante, pois ele perdeu quando ainda era uma criança. Recentemente, ele conseguiu voltar para casa com a ajuda do Google Maps.

A fantástica história de Saroo e seu longo caminho para casa.

Um dia, quando esse menino indiano tinha apenas quatro anos, quis acompanhar o irmão, um pouco mais velho que ele, para trabalhar perto dos trilhos do trem.

Ainda pequeno adormeceu numa dos vagões e o irmão resolveu deixá-lo lá enquanto ele ia fosse fazer suas tarefas e regressasse, mas infelizmente o comboio logo deu partida novamente e começou a sua viagem, uma que levaria a criança para bem distante dali.

“Achei que meu irmão voltaria para me buscar, mas quando acordei não o vi em lugar nenhum. Então vi outro trem na minha frente e decidi embarcar, na esperança de encontrar meu irmão nele.”

A viagem de trem durou longas horas, exatamente 14, até que ele desceu em Calcutá. “Ele estava com muito medo. Não sabia onde estava”, disse ele à BBC.

Saroo se viu sozinho e perdido na enorme estação Howrah em Calcutá. Era 1986 e o ​​menino não sabia como voltar para casa.

Dias se passaram. Os dias se transformaram em semanas. Saroo sobreviveu sozinho ao ar livre em Calcutá. Ele dormiu em papelão em uma estação de metrô. Mais tarde na rua.

Superlotado, sujo, sem teto. Ela subsistia com comida do lixo e água das torneiras. A angústia da incerteza tomou conta dele. “Não havia salvação alguma”, disse ele. “Tudo o que podia fazer era tentar sobreviver um dia de cada vez.”

Ele viveu por meses nas ruas até encontrar um lar em um orfanato.

A sorte fez com que um casal australiano o conhecesse, o adotasse e o levasse para morar na Tasmânia. Os Brierleys deram-lhe uma nova vida, mas o ‘sangue’ exigia Saroo.

Saroo Brierley, agora um empresário australiano, descobriu o Google Earth, uma nova ferramenta que fornece vistas aéreas do planeta e tinha a preocupação de encontrar a casa onde morou apenas 4 anos de sua vida, por isso usou o programa para encontrá-la.

O desenvolvimento de sua pesquisa deu-se a partir desse homem que serviu para escrever um livro e inspirou um cineasta a fazer o filme Lion – Uma Jornada Para Casa’.

Toda a história de sua volta para casa começou quando ele verificou no Google Maps e no Google Earth a área onde morou quando criança. Navegando, ele conseguiu localizar a área de Ganesh Talai, na Índia.

Encontrar a cidade não foi uma tarefa fácil, como Saroo Brierley escreveu nas memórias de seu livro, ele passou cinco anos pesquisando na Internet porque suas memórias de infância não eram claras.

“Eu me senti como o Superman. Eu poderia voar sobre as paisagens e me perguntar: ‘Este lugar parece familiar?’ E ele me respondia … ‘Não’. Aí eu continuava procurando e procurando “.

Em seu livro, o australiano nascido na Índia conta que se perdeu porque adormeceu dentro de um vagão de trem, ao acordar foi-lhe impossível voltar.

Aos 30 anos, e depois de localizar com precisão sua terra natal, ele decidiu viajar 1.400 quilômetros da Austrália à Índia. Sua jornada se tornou viral, ele até deu várias entrevistas para programas de televisão famosos.

“Minha mãe nunca parou de orar pelo meu retorno, ela visitou muitos padres e guias espirituais da comunidade para obter ajuda e orientação. Todos eles garantiram a ela que eu estava são e salvo e feliz”, disse Saroo Brierley.

“Foi um momento surreal. Eu estava pulando de alegria por dentro”, lembrou ele na revista People.

25 anos tiveram que se passar para que sua mãe biológica e seus irmãos o vissem novamente. A plataforma de mapeamento por satélite Google Earth e as fotos adicionadas aos endereços do Google Maps puderam ajudar Saroo a se reconectar com seu passado.

O filme Lion-Uma Jornada Para Casa narra todas as viagens que o garotinho de 5 anos fez desde que se perdeu de casa. Se você se interessou pela história desse homem, também pode ler seu livro ‘A Long Way Home’.

Adaptado de El club de los libros perdidos

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.