No Mediterrâneo, em breve haverá mais máscaras do que água-viva. É o alarme lançado por uma organização ecologista francesa que denunciou o aparecimento desses resíduos nas costas e no fundo do mar do país.

As imagens que vêm da França são realmente terríveis. A organização Opération Mer Propre disparou e as disseminou durante várias operações de limpeza realizadas em Antibes e na baía de Golfe-Juan, localizada na Riviera Francesa, coletou um grande número de máscaras e luvas de látex no fundo do mar.

“Estávamos esperando por elas, elas chegaram, mas não no lugar certo … As primeiras máscaras apareceram no Mediterrâneo”, diz o post publicado na página da associação no Facebook.

Infelizmente, o que há muito temido está acontecendo. Recentemente, uma análise de Ispra mostrou que a necessidade diária de máscaras da chamada Fase 2 será de cerca de 35/40 milhões de peças. Consequentemente, a produção diária de resíduos na Itália ficará entre 250 e 720 toneladas.

“Usando o peso médio de 11 gramas (que leva em consideração todos os tipos de máscaras) e um requisito intermediário de 37,5 milhões, haveria uma produção diária de cerca de 410 toneladas. A produção calculada até o final de 2020 (cerca de 240 dias) seria, portanto, entre 60.000 e 175.000 toneladas de resíduos, com um valor médio de cerca de 100.000 toneladas”

Infelizmente, esse resíduo está contribuindo exponencialmente para o aumento do lixo marinho, como mostram as imagens publicadas pela Opération Mer Propre. Segundo a associação, o equipamento de proteção individual usado contra o coronavírus preenche o fundo do mar junto com plásticos e latas, aumentando o problema de contaminação da água.

Nas imagens tiradas pelo fundador da associação, Laurent Lombard, você pode ver com seus próprios olhos a destruição e degradação presente nos mares franceses.

O fundador da associação, Laurent Lombard, explicou que, sabendo que mais de 2 bilhões de máscaras foram compradas, em breve haverá mais máscaras do que água-viva nas águas do Mediterrâneo.

Ça vous dit cet été de vous baigner avec le COVID 19…?Sachant que plus de 2 milliards de masques jetables ont été commandés,bientôt il risque d'y avoir plus de masques que de méduses dans les eaux de la Méditerranée…!Il en va de la responsabilité de chacun afin d'éviter cette nouvelle pollution mais aussi de nos élus,députés et pouvoirs publics. En effet depuis plusieurs années certaines communes essaient de lutter contre toutes ces incivilités qui détruisent nôtre environnement et nôtre santé à long terme,il serait donc peut être temps d'unir toutes les bonnes initiatives afin résoudre le plus rapidement et le plus fermement cette nouvelle pollution.La crise sanitaire nous a permis de voir le meilleur et le pire en nous,si nous ne faisons rien c'est le pire qui va arriver alors que c'est simplement une question de bon sens pour éviter tout celà.Je dirais simplement pour finir qu'un masque jetable ça se jette à la poubelle comme tout les autres déchets d'ailleurs.

Posted by Laurent Lombard on Saturday, May 23, 2020

Aqui estão outras fotos tiradas durante as operações de limpeza:

“A crise da saúde nos permitiu ver o melhor e o pior de nós, se não fizermos nada, é a pior coisa que acontecerá, enquanto é simplesmente uma questão de bom senso evitar tudo isso. Eu diria apenas que basta diferenciar corretamente uma máscara descartável, jogando-a no lixo como todos os outros resíduos “.

Fontes de referência: Facebook / OperationMerPropre / Via GreenMe

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.