Pequenos barcos elétricos que flutuam no Sena e de onde dá para assistir a um filme. O cinema flutuante chega a La Villette, Paris: entre a água e o céu, pode-se acompanhar um filme respeitando todas as regras impostas ao distanciamento social.

É o “Cinéma sur l’Eau”, o cinema sobre a água, que acontecerá apenas em 18 de julho: uma noite de cinema que abrirá Paris Plages 2020, o famoso festival de eventos de verão na Ville Lumière. Nessa ocasião, os parisienses poderão participar do primeiro cinema flutuante eco-responsável do mundo.

Porém, reservar um lugar em um dos 38 barcos elétricos (com capacidade para duas a seis pessoas) não é uma coisa muito fácil. As pessoas são convidadas a se inscrever on-line para participar de uma loteria que ocorrerá no dia 15 de julho. Quem não chegar aos barcos pode tentar pegar uma das 150 espreguiçadeiras que serão montadas em terra.

O primeiro filme a ser exibido será “Le Grand Bain”, de Gilles Lellouche, e para poder assistir à exibição, é necessário participar de uma extração até 15 de julho, que dará 150 lugares. Os barcos, nos quais 4 a 6 pessoas podem sentar-se, representam apenas a primeira fila do cinema, enquanto os outros assentos estão localizados em espreguiçadeiras no gramado.

Só podemos esperar que a exibição seja tão bem-sucedida que se torne um evento regular e sirva de inspiração para outras cidades mundo afora.

Com informações de GreenMe / Departures /

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.