O Chiangmai Life Architects (CLA) projetou um pavilhão esportivo na Tailândia feito inteiramente de bambu – e supostamente tem uma pegada de carbono zero . Será este o centro de fitness mais “verde” do mundo?

Uma escola primária holística e bilíngüe no subdistrito de Hang Dong, na Tailândia, está recebendo um pavilhão esportivo dos sonhos totalmente orgânico e feito à mão. O novo Bamboo Sports Hall para a Panyaden International School foi construído na forma de uma flor de lótus – a flor tradicional do budismo – e apresenta treliças de bambu pré-fabricadas que medem mais de 17 metros sem reforços de aço ou conexões.

Este novo design orgânico e moderno “integra-se perfeitamente com os edifícios anteriores de barro e bambu da escola, bem como com a paisagem montanhosa natural da área”, e segue a missão “verde” da escola. Com capacidade projetada para até 300 alunos, o pavilhão esportivo oferecerá modernas instalações esportivas, como quadras de basquete, vôlei e badminton, além de varandas de observação para os pais.

O projeto do hall de 782 metros quadrados foi supervisionado por dois engenheiros independentes para garantir “padrões modernos de segurança de cargas, forças de cisalhamento, etc. para resistir aos ventos locais de alta velocidade, terremotos e todas as outras forças naturais”, diz CLA. O design todo em bambu permite ventilação e resfriamento naturais, proporcionando flexibilidade climática o ano todo.

A Chiangmai Life Architects é especializada em bambu moderno e arquitetura de terra de fluxo livre, e enfatiza a flexibilidade estrutural e resiliência do uso da grama lenhosa no trabalho de design. Com o objetivo de aproximar o design estrutural da natureza, parece que eles criaram o pavilhão de esportes lotus perfeito que durará quase 50 anos.

The culturetrip

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.