Sem uma boa opção para descartar embalagens de plástico não recicláveis ​​para alimentos, os estudantes indianos decidiram devolvê-las e deixar que os fabricantes se virassem com elas.

Sem saber o que fazer com os resíduos de plástico que se amontoam em suas ruas, os vereadores da Índia estão incentivando as crianças em idade escolar a reuni-los e enviá-los de volta aos fabricantes.

Os alunos de uma escola de ensino médio na cidade portuária de Thoothukudi coletaram mais de 20.000 embalagens de alimentos embalados em menos de duas semanas, separaram-nos e os enviaram de volta para as empresas que os fabricaram.

Mais de 10.000 das embalagens vieram de uma empresa chamada Britannia (de propriedade principalmente da Nabisco) que fabrica biscoitos, pães e bolos.

Junto com as embalagens, os alunos enviaram uma carta:

“Estamos felizes com o sabor e a qualidade dos seus produtos, mas insatisfeitos com as embalagens plásticas. Queremos garantir um ambiente seguro para nossas gerações futuras e minimizar nossa pegada de plástico. Decidimos recolher embalagens plásticas usadas de seus produtos e enviá-las para você para descarte seguro. Ajude-nos a saborear seus produtos sem culpa, apresentando embalagens ecológicas. ”

As cidades têm “lutado muito para reduzir o uso de plástico e o descarte indiscreto de lixo”, relata The Times of India.

As empresas também receberam uma carta do comissário da Thoothukudi, Alby John Varghese, lembrando-as de que, de acordo com uma lei de 2016, produtores, importadores e proprietários de marcas – não municípios – são responsáveis ​​pela coleta de resíduos plásticos deixados por seus produtos.

Ele diz que a mala direta em massa foi um “grande sucesso” na geração de publicidade e que há planos de estender o programa a outras escolas e cidades.

Enquanto os alunos se divertiam com a limpeza desta vez, o comissário pediu às empresas que elaborassem um plano de ação para limpar sua própria bagunça nos próximos dois meses.

via Return to Now

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.