A União Europeia aprovou novas regras de gestão de resíduos que incluem a proibição da exportação de resíduos plásticos para os países mais pobres do planeta. A nova legislação foi aprovada na última terça-feira e entrará em vigor em 1º de janeiro de 2021.

Até o momento, os países da União Européia exportaram mais de 1,5 milhão de toneladas de resíduos plásticos por ano, principalmente para a Turquia e países asiáticos como Indonésia e Malásia.

Resíduos difíceis de reciclar por falta de instalações adequadas. O plástico é, portanto, armazenado, descarregado no meio ambiente ou queimado, liberando substâncias perigosas na água, no ar e no solo. Os contaminantes químicos podem permanecer no meio ambiente por muito tempo, agravando significativamente os já elevados níveis de poluição nesses países e entrando na cadeia alimentar, colocando em risco a saúde de milhões de pessoas .

Graças às novas regras que acabamos de aprovar, a partir do próximo ano os países da UE deixarão de poder contar com falsas soluções que exploram os países mais pobres, mas terão de assumir total responsabilidade pelos resíduos produzidos dentro das suas fronteiras e adoptar medidas que conduzam a redução drástica de embalagens e plásticos descartáveis ​​e gerenciamento de resíduos mais eficiente.

Fonte de referência: Eur-Lex / Via GreenMe

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.