Foto capa: Christoph Reichwein / dpa / AFP

Greta Thunberg, ativista ambiental, foi detida com outros ativistas presos durante protestos contra a demolição de uma vila perto da cidade de Luetzerath, na Alemanha, nesta terça-feira (17), segundo a polícia do país.

A detenção ocorreu durante protesto em uma mina de carvão a céu aberto de Garzweiler 2, local que fica a cerca de 9 quilômetros de Luetzerath. Segundo relatado, ela se sentou com um grupo de manifestantes perto da borda da mina.

Thunberg, que se juntou aos manifestantes na sexta-feira, foi vista sentada sozinha em um grande ônibus da polícia depois de ter sido detida, disse uma testemunha da Reuters.

Temos vídeos que mostram a reação violenta das polícias, ocorrida em momento anterior à detenção da ativista, quando tentaram dispersar a manifestação. Sugerimos assistir ao vídeo no Youtube.

Segunda a polícia alemã, Greta, assim como outros ativistas, estavam em local perigoso, muito rente à mina, e por isso Greta foi carregada pelos policiais para fora de uma região supostamente perigosa. A polícia afirmou que houve ativista que teria pulado na mina.

Veja, no vídeo, o momento em que Greta foi carregada por policiais:

Ainda não está claro o que acontecerá com Thunberg ou o grupo com o qual ela foi detida, ou se o ativista que pulou na mina ficou ferido, disse o porta-voz da polícia.

Em um local já mais distante da borda da mina, Greta foi carregada por três policiais e segurada por um braço.

Ela foi então escoltada para as vans da polícia.

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.