Segundo um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a insônia atormenta entre dez e quinze por cento das pessoas. No entanto, se você achar difícil adormecer à noite ou acordar às 2 ou 3 da manhã e não conseguir voltar a dormir por um tempo, isso não significa necessariamente que você seja insone.

A Fundação de Saúde do Sono distingue entre pessoas que dormem mal e pessoas com insônia mais grave, acrescentando que cada terceira pessoa no mundo tem, em algum momento de suas vidas, sintomas de insônia leve.

Os autores listam estresse, ansiedade e depressão como os principais culpados pelo mau sono e insônia entre adultos e crianças.
Para aqueles que sentem que não dormem o suficiente, ou a qualidade do sono é ruim, aqui estão alguns dos fatos mais populares sobre a insônia, junto com os mitos que precisam ser eliminados.

Estes são importantes, porque a insônia crônica aumenta o risco de ataque cardíaco e derrame.
Além disso, os insones são mais propensos a ganhar peso extra, em comparação com os indivíduos com hábitos normais de sono.

Aqui estão 11 verdades e mentiras mais comuns

1. Álcool cura insônia
Isso não é verdade. Desesperados para uma boa noite de sono, muitos pobres dormem pensando que uma bebida ou duas lhes darão o sono pesado e sonoro que sempre desejaram. Infelizmente, eles simplesmente não podem estar mais errados.

Embora o álcool certamente ajude a adormecer, a qualidade do sono que você recebe sob sua influência está longe de ser satisfatória.

Seu corpo processará o álcool em algumas horas e você provavelmente acordará com a boca seca e o coração acelerado. Escusado será dizer que será quase impossível voltar a dormir. No dia seguinte, você terá uma ressaca horrível, o que significa que dificilmente você poderá fazer algo útil.

2. A insônia é um problema estritamente psicológico
Isso é uma mentira. Embora seja verdade que fatores psicológicos, como estresse e ansiedade, podem causar problemas de sono, eles não são os únicos culpados por isso.

Por exemplo, aqueles que bebem muito café, ou estão acostumados a tirar uma soneca ou duas durante o dia, também podem encontrar alguns problemas para dormir à noite.

Condições médicas como dor crônica, a doença de Willis-Ekbom (também conhecida como síndrome das pernas inquietas) ou a apneia do sono podem piorar a qualidade do seu sono. Alguns medicamentos para asma também podem causar insônia leve como efeito colateral.

3. Atividade Física Regular Melhora a Qualidade do Sono
É verdade. O excesso de energia em seu corpo faz com que você se sinta inquieto durante a noite, portanto, trabalhar regularmente durante a semana pode ajudá-lo a se livrar dele.

No entanto, os maníacos de fitness devem ter cuidado, porque os exercícios noturnos aumentam os níveis de hormônio do estresse em seu corpo e, assim, tornam mais difícil para você relaxar e adormecer. Os especialistas recomendam terminar o treino pelo menos três horas antes de ir para a cama.

4. Navegar na Internet antes de ir dormir ajuda a liberar tensão
Isso não é verdade. Este mito é provavelmente alimentado pelo fato de que praticamente vivemos em nossos smartphones e tablets, então eles naturalmente se tornam nosso método de alívio de estresse número um.

Pesquisadores descobriram que grande parte do conteúdo que vemos online ou na TV realmente significa estimular-nos, não nos ajudar a relaxar.

Então, se você tem o hábito de adormecer na frente da TV, é melhor escolher um programa monótono e até um pouco chato para ajudá-lo a se afastar.

5. Pílulas para dormir são inofensivas
Bem, isso é apenas parcialmente verdade. Certamente, as pílulas para dormir entram em ação assim que você toma uma. Não admira que sejam extremamente populares nos EUA, onde entre 50 e 70 milhões de pessoas as tomam todas as noites.

O problema é que o efeito da maioria desses remédios tende a se enfraquecer com o tempo, o que significa que você se sentirá obrigado a aumentar suas ingestões de maneira gradual, mas constante. Isso, por sua vez, aumenta o risco de acidentes relacionados à sobredosagem.

Pior ainda, você pode facilmente ficar viciado em suas pílulas para dormir. Sintomas de dependência incluem, mas não estão limitados a desejos, tentativas frenéticas para reabastecer pílulas para dormir de mais de um médico e ignorar a maioria de seus efeitos colaterais óbvios.

6. Recuperar o sono perdido no fim de semana
Isso é uma mentira. Se você acha que pode recuperar o sono que perdeu durante a semana no fim de semana, esqueça!

De fato, dormir mais no fim de semana pode realmente fazer mais mal do que bem, porque perturba seu ritmo circadiano natural.

Por mais difícil que seja, recuperar o sono perdido não é uma missão impossível. Apenas tente consertar sua hora de dormir e suas rotinas noturnas. Estes também são conhecidos como higiene do sono.

7. Ter uma soneca à tarde ajuda você a dormir melhor à noite
Isso é parcialmente verdade. Grandes empresas como a Zappos e a Nike forneceram salas especiais para seus funcionários, onde possam descansar por cerca de vinte ou trinta minutos durante o dia.

No entanto, aqueles com problemas persistentes de sono dificilmente se beneficiarão de tais cochilos à tarde. Em vez disso, esses períodos de descanso diminuirão seu sono natural, tornando ainda mais difícil para eles dormirem à noite.

8. Seu corpo acabará por se adaptar à privação do sono
Este é um ótimo NÃO. No passado, psiquiatras e psicólogos militares realizaram numerosas experiências de privação de sono em sua busca pelo verdadeiro “soldado universal”.

No entanto, isso apenas ajudou a determinar o quanto é importante que os soldados durmam o suficiente, sejam eficientes e altamente operacionais.

Por exemplo, depois de apenas uma noite sem dormir, os participantes de um experimento acharam muito difícil realizar até tarefas básicas que envolvem funções de vigilância e cognitivas.

Assim, embora seja possível treinar seu corpo para funcionar com menos sono, suas habilidades cognitivas certamente serão impedidas.

9. Se você não consegue dormir, levante-se e faça algo útil
Isso é muito certo. Se você estiver brincando e se virando por cerca de uma hora na cama, pode ser uma boa ideia levantar-se e ler um pouco ou ouvir alguma música que possa ajudá-lo a voltar a dormir.

Por outro lado, se você simplesmente ficar inquieto na cama, poderá começar a sentir-se culpado por sua incapacidade de dormir.

10. Você pode aprender a dormir bem
É verdade. Você pode treinar-se para praticar a boa higiene do sono em alguns passos simples. Estes incluem dar-se tempo suficiente para relaxar antes de se entregar, evitando alimentos que contenham cafeína à tarde e deitado ao mesmo tempo durante a semana.

11. A insônia acabará por se cuidar
Isso é uma mentira. Seu sono voltará ao normal somente depois que você tiver estabelecido o que está incomodando e eliminou o problema. Além das razões para a insônia mencionada acima, outras causas comuns incluem carga de trabalho incessante, um relacionamento difícil ou vizinhos barulhentos.

Na maioria das vezes, lidar com seus problemas de sono exigirá mudanças significativas em sua vida.

I heart intelligence

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.