‘O coronavírus vai acabar com a globalização capitalista?‘ De sua casa, em uma entrevista ao apresentador espanhol Jordi Évole, o ex-presidente do Uruguai Josè ‘Pepe’ Mujica, abriu uma seção transversal sobre a sociedade na época de Covid-19. “Não, o vírus não vai parar o capitalismo.”

Conhecemos bem Pepe Mujica , presidente emérito do Uruguai que já com seu livro “Uma ovelha negra chega ao poder”, nos remete a importantes lições como revolucionário pacífico.

Agora, forçado como todos os outros a se manter no isolamento, em videochamada com Jordi Évole, figura pública e criadora do programa de TV “Lo de Évole”, atualmente na web por causa do coronavírus, ele conta seu ponto de vista em uma sociedade atingida pela pandemia e em movimento contínuo, em que hábitos e prioridades parecem ter mudado. E, para isso, ele não usa meias palavras, pelo contrário. A raiva dele é real e não a esconde.

“Não será o vírus que decretará o fim do capitalismo. Isso deve vir da vontade organizada dos homens, que foram os que o criaram “, explica e afirma que” é o homem que deve destruí-lo. O ‘deus mercado’ é a religião fanática do nosso tempo, governa tudo ”, diz Mujica.

“Não sei se é uma situação reversível”, sublinha, mas especifica que “devemos lutar para que isso aconteça. Esse vírus nos assusta e tomamos um certo grau de medidas quase heroicas. No nível do mercado, a globalização deve atender a certos parâmetros “.


6_MUJICA_PERRO

El amigo más fiel de un perro es el hombre. Palabra de Pepe Mujica

Posted by Jordi Évole on Sunday, March 29, 2020

“Você acha que algo bom pode sair dessa pandemia?”, Pergunta Évole.

“Graças a esse medo geral, um pouco mais de generosidade e menos egoísmo podem surgir. Mas me pergunto por que os idosos continuam acumulando dinheiro. Estou falando de bilionários, pessoas que concentram riqueza “, diz Mujica.

“Não estamos em guerra, este é um desafio que a biologia coloca para nos lembrar que não somos os donos absolutos do mundo como nos parece”. E ele continua: “Esta grave crise pode servir para nos lembrar que os problemas globais também são nossos problemas”.
Lo de Évole | #LoDeQuédateEnCasa2

¿Por qué los multimillonarios quieren ser los más ricos del cementerio?

Posted by Jordi Évole on Sunday, March 29, 2020

E ele lança um apelo: “Devemos combater o egoísmo que carregamos dentro de nós mesmos, a fim de superar o coronavírus, devemos nos unir socialmente um ao outro”. Por outro lado, o ex-presidente do Uruguai mostra sua decepção com os líderes mundiais no que diz respeito à atenção ao aquecimento global:

“Não é um problema ecológico, mas político. Nunca o homem teve tantos recursos, habilidades ou capital para detê-lo. Estamos indo para um “holocausto ecológico” e estamos preparando uma panela gigante para fritar “, diz ele.
Lo de Évole | #LoDeQuédateEnCasa2

Pepe Mujica: “Nunca hubo tanto capital ni tantos recursos para poder frenar el cambio climático” —> Nunca fueron tan irresponsables los líderes mundiales por no evitarlo.

Posted by Jordi Évole on Sunday, March 29, 2020

O ex-presidente envia uma mensagem a todas as pessoas que estão enfrentando a quarentena de coronavírus: “A pior solidão é o que temos por dentro, é hora de meditar. Fale consigo mesmo e tente imaginar uma janela no céu.” E, finalmente, para todos aqueles que se sentem desencorajados nesse período, Mujica diz: “Enquanto você tiver um motivo para viver e lutar, não terá tempo para tristeza”.

Fonte: GreenMe

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.