Uma jovem do Arkansas que perdeu o pai há quatro anos, mas mandava uma mensagem de texto para seu telefone todos os dias para compartilhar atualizações sobre sua vida, levou um choque quando um dia ela recebeu uma resposta de um homem enlutado que também havia perdido sua própria filha em um acidente de carro.

Chastity Patterson, 23, de Newport, enviou uma mensagem de texto para o antigo telefone de seu pai na quinta-feira, na noite anterior ao quarto aniversário de sua morte.

Amanhã vai ser um dia difícil novamente. Faz quatro anos desde que você se foi, e desde então não há um dia em que não sinto sua falta”.

No texto, Chastity contou um pequeno resumo de como tinha sido sua vida nos últimos anos.

Muita coisa aconteceu desde então, mas tenho certeza que você sabe de tudo, já que nos falamos o tempo todo. Eu venci o câncer e como te prometi, não fiquei doente desde que você se foi. Me graduei na faculdade com honras (…). Me apaixonei e tive o coração partido (você teria o matado rs). Mas levantei a cabeça e me tornei uma mulher forte. Perdi todos meus amigos e atingi o fundo do poço, mas felizmente encontrei alguém que me salvou. Ainda não tenho filhos, mas você ficaria tão feliz pai… (…)

 

 

No fim da mensagem, a jovem relata como tem medo de se casar e entrar sozinha na igreja, já que não terá o pai ao lado para a acompanhar.

“Você teria muito orgulho da mulher que me tornei (…) Apenas quero lhe dizer que te amo e sinto muitas saudades”.

Em retorno, uma mensagem surpreendentemente incrível. Do outro lado, o homem que havia pego o número antigo de seu pai lia todas as mensagens enviadas diariamente, e finalmente sentiu em seu coração que deveria dar um retorno.
Com um coração também tomado pela saudade, Brad conta na mensagem que também perdeu sua filha em um acidente em 2014, e que as mensagens de Chastity o mantiveram vivo desde então.

 

“Oi minha querida, eu não sou seu pai, mas recebi todas as suas mensagens nos últimos quatro anos, e espero ansioso suas mensagens matinais e suas atualizações noturnas. Quando você manda mensagem, sinto que é uma mensagem vinda de Deus.

Gostaria que minha filha tivesse se tornado uma mulher como você. Obrigada por compartilhar sua vida. Você me lembra que Deus existe, e que não é culpa dele que minha menina se foi. Ele me deu você, um pequeno anjo (…). Tudo vai ficar bem, e se faz com que você se sinta melhor, me sinto orgulhoso de você. (…) Espero ansioso pelas novidades de amanhã”,

Logo depois de receber a mensagem, Chastity compartilhou a história em seu Facebook.

No post, a jovem conta que mandou mensagens ao telefone do pai todos os dias nos últimos quatro anos.

“Hoje foi um sinal de que tudo está bem e que posso o deixar descansar”.

“Eu envio mensagem ao meu pai todos os dias para que ele saiba como vai o meu dia, nos últimos quatro anos! Hoje foi o meu sinal de que está tudo bem e eu posso deixá-lo descansar! ❤️”

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.