Kitbull é a história de um pitbull abusado vivendo em condições terríveis que se torna um bom amigo de um pequeno gato de olhos arregalados.

A raça de cachorro Pitbull erroneamente ganhou uma má reputação por ter comportamento agressivo.

O filme, dirigido por Rosana Sullivan e produzido por Kathryn Hendrickson, é uma produção do novo programa SparkShorts da Pixar.

No início da história, vemos um pit bull sendo acorrentado a uma laje de concreto por seu dono. O pobre animal é sempre mantido do lado de fora, independentemente do tempo. E não há nada além de uma pequena gaiola servindo de abrigo onde ele dorme.

Isso soa familiar?

E isso não é tudo. Acontece que este filhote branco doce é usado em lutas ilegais e depois deixado do lado de fora no frio sem que ninguém cuide de seus numerosos ferimentos.

Nós todos sabemos que há um estigma associado à raça pit bull. A razão é que as pessoas acham que esses cães são muito agressivos e, portanto, perigosos. É por isso que, ao longo dos anos, eles costumam ser usados ​​em brigas. Infelizmente, o pit bull da Disney Pixar tem o mesmo destino..

Apesar de sua infeliz situação, o cachorro encontra um amigo – um gatinho preto pequeno que mora no mesmo quintal. O gato está a princípio com medo das mandíbulas do pit bull.

Mas então começa a sentir pena do pobre cachorro.

E por isso o gatinho ajuda seu novo amigo a escapar do quintal onde seu dono o mantém. A história tem um final feliz para os dois amigos peludos.

O desenho foi exibido pela primeira vez em 18 de fevereiro e foi visto por quase 18 milhões de pessoas até o momento. Os telespectadores dizem que esta história de cortar o coração é impressionante tanto por causa da maneira como foi retratada quanto por causa do efeito moralizador que ela teve.

Se você não assistiu, não perca mais tempo e clique no link do vídeo abaixo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.