Mãe publicou desabafo em rede social depois de denúncia e pede para poder seguir com aves como animais de intimação…

Uma moradora de Cascavel, no Paraná, publicou um vídeo depois de ser notificada pelo Município para se desfazer de um galo e uma galinha que a família adotou como animal de estimação há cerca de duas semanas. A situação inusitada viralizou nas redes sociais, pois os bichinhos estão ajudando no tratamento do filho, Marcio, de 12 anos, que tem autismo e também companhia para a caçula, Larissa.

Adriana Carraro Neres conta que não foi procurada por nenhum vizinho que relatasse qualquer incômodo com as aves. O quintal é grande, não há sujeira e a presença dos bichinhos está fazendo muito bem para as crianças.

“Foi uma forma de meu filho se acalmar, para ele foi o melhor remédio. Pensamos que seria uma forma deles brincarem mais no sol, ajudarem a cuidar. A pessoa que fez esta denúncia não deve saber o tamanho do mal. Não foi falado exatamente qual é a reclamação. Não acredito que seja o barulho pois só vejo ele cantar de dia e há outros vizinhos que também tem galo”.

Família comprou galo e galinha de estimação para o filho autista, pois animais o ajudam a acalmar, segundo a mãe — Foto: Adriana Carraro Neres/Arquivo pessoal

Na notificação feita pelo fiscal consta que eles têm 30 dias para se desfazer dos animais. Se não fizer isso Adriana teme que haja processo ou multa. Eles não tem qualquer intenção de ter um número maior de aves e apenas gostariam de poder seguir com as aves que fizeram bem para a rotina das crianças. Ela fica a disposição para dialogar com os vizinhos sobre o caso.

Veja o vídeo publicado pela moradora:

Fonte: Facebook

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.