Uma mãe solteira que descobriu que seu filho havia repetidamente rotulado uma colega de escola de “gorda” e “feia” em uma série de mensagens recheadas de palavrões o levou até a casa da menina para se desculpar na frente de seus pais.

Samm Jane, 32 anos, ficou furiosa quando recebeu um telefonema da escola de seu filho no dia 7 de junho para informá-la de que Dave (nome alterado a pedido dela) estava intimidando cruelmente uma de suas colegas de classe.

Após conversar com a diretora, Samm se disse decepcionada ao descobrir que ele havia rotulado a garota com diversos apelidos machistas, gordofóbicos e misóginos.

Depois de descobrir o endereço da vítima, a cuidadora em tempo integral fez seu filho gastar parte do dinheiro de seu aniversário em flores e chocolates como forma de se redimir.

Uma vez na porta da frente da menina, Samm disse que forçou Dave a se desculpar com a menina e seus pais, que mais tarde elogiaram ela por ser uma “mãe diferente” e vir pedir desculpas.

A mãe de cinco filhos prometeu que Dave aprenderia uma lição com o incidente e confiscou seu celular e notebook por uma semana.

Desde que compartilhou a história no TikTok em 8 de junho, Samm recebeu mais de um milhão de visualizações, com milhares de pais elogiando-a por disciplinar seu filho.

Os elogios emocionaram a mãe solteira, que insiste que está tentando fazer o possível para criar seu filho para ser um “homem de verdade” e aprender a respeitar as mulheres.

Samm, de Nuneaton, Warwickshire (Reino Unido), disse: “Recebi uma ligação da escola do meu filho para me informar que ele estava destratando uma colega.

“Então a diretora, no telefone, disse: ‘Não sabemos o que foi dito, mas sabemos que Dave está enviando mensagens de texto desagradáveis ​​para uma das meninas de sua classe.’

“Perguntei quem era, mas eles não souberam dizer por causa da política escolar de proteção de dados. Então, fiquei três horas sentada esperando meu filho chegar da escola.

“Eu precisava saber o que ele disse. Eu nunca pensei que ele seria assim, eu o criei para jamais desrespeitar uma garota. Sou mulher, sou mãe solteira, ele deve respeitar a mim e a todos ao seu redor.

“Eu peguei o telefone dele e o fiz desbloqueá-lo. Ele mandou mensagens de texto para essa garota dizendo ‘Eu nunca quero ver sua cara feia na escola. Sua cara feia e corpo gordo me ofendem.’

“Ela mandava uma mensagem para ele dizendo ‘Pare de ser horrível comigo’. Ele tinha enviado mensagens de voz também dizendo ‘Urgh, você é nojenta.’

“Eu fiquei tremendo de raiva…. E eu disse: ‘Não dou a mínima se ela faz sua cabeça na escola. O que te dá o direito de falar com ela assim?’. Também disse a ele: ‘Ela vai se olhar no espelho agora e se sentir tão insegura’. Eu não podia deixar isso pra lá.

“Eu peguei o telefone e fiz algumas ligações. Todo mundo na minha área sabe onde todo mundo mora, então eu descobri através de um dos meus vizinhos onde essa garota mora.

“Eu disse a Dave que íamos pedir desculpas. Não só para a garota, mas para os pais dela, para as tias, para os tios, para quem quer que estivesse naquela casa.”

Das 100 libras (R$ 585) que guardou para o aniversário de Dave, Samm pegou 10 libras e o forçou a comprar um presente de desculpas para ela.

Ela disse: “Eu o levei para a loja. Dei a ele 10 libras do dinheiro do aniversário dele e disse-lhe para entrar na loja para comprar algumas flores e chocolates. Eu o acompanhei até a casa da garota, ainda tremendo de raiva e frustração. Bati na porta e a garota atendeu.

“Perguntei se os pais dela estavam e ela os trouxe até a porta. Eu disse: ‘Meu filho tem algo a dizer para sua filha’, e ele fica lá dizendo ‘desculpe’. Eu o fiz falar e repetir. Eu o fiz dizer pelo que ele estava arrependido. A mãe não estava ciente disso, a menina não tinha contado para a mãe dela”.

“A menina aceitou o pedido de desculpas, ele deu as flores e os chocolates. Eu disse: ‘Ele nunca mais vai falar assim com você. Eu também assegurei à mãe e ao pai que ele não falaria com ninguém assim novamente. A mãe me agradeceu e me enviou uma mensagem de texto depois dizendo que eu tinha sido muito corajosa em ir até lá resolver o problema”.

“Conversei com Dave e expliquei como as pessoas se matam ou se automutilam por causa do que as pessoas dizem. Por fim, eu dei a ela meu endereço e disse a ela para vir se houvesse algum problema para que pudéssemos resolver juntas”, completou.

Desde o pedido de desculpas, Samm garantiu que Dave entendeu o impacto que suas palavras poderiam ter sobre os outros.

“Estou criando um homem. Meu filho não tem um modelo masculino, então tenho que ensiná-lo a ser um homem e garantir que ele respeite as pessoas. Como mãe solteira, tentei fazer o meu melhor por ele. Para ele desrespeitar uma mulher, parece que ele está me desrespeitando”.

“Sempre contei a ele sobre a positividade do corpo, sobre como as mulheres vêm em diferentes formas e tamanhos. É por isso que eu estava com tanta raiva – por que ele diria todas essas coisas quando eu lhe disse para ser respeitoso? Ele me decepcionou. Ele está absolutamente levando isso em conta desde então. Os dois são amigos agora, isso só mostra o quão indulgente e gentil ela é. Ela é uma garota adorável”, disse Samm.

“Eu sofri bullying quando estava na escola, tive que me mudar. Não me encaixava com as outras meninas. Minha mãe e meu pai eram bem antiquados, então eu não podia usar maquiagem ou algo assim. Eu sempre disse aos meus filhos que não há problema em não se encaixar e é ótimo ser assim às vezes, enquanto indivíduo”, complementou.

Desde que compartilhou a história no TikTok, Samm foi inundada com comentários de apoio de outros pais.

Samm disse: “Eu só tinha alguns amigos no meu TikTok quando postei pela primeira vez. Agora tenho milhares”.

“Eu queria compartilhar para que outras pessoas pudessem ver e pensar ‘eu não quero que meu filho seja assim’. Temos que criar a próxima geração. Seria muito mais fácil se os pais ensinassem seus meninos – e meninas – a se desculpar e fazer as pazes”, afirmou.

Ela se disse chocada com a enorme repercussão do seu vídeo. “Chorei quando vi as pessoas elogiando minha maneira de ser mãe. Meu telefone ficou louco por três dias. Se um milhão de pessoas viram esse vídeo, então um milhão de pais podem fazer alguma mudança na maneira que educam seus filhos”, concluiu.

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.