A Michelin e a General Motors estão tirando o ar dos pneus – literalmente.

Os fabricantes revelaram uma nova geração de tecnologia de rodas sem ar, conhecida como Uptis (Unique Tire-proof Tyre System).

Ainda na fase de protótipo, este pneu de alta tecnologia pode ser lançado em veículos de passageiros já em 2024.

“A General Motors está entusiasmada com as possibilidades que a Uptis apresenta, e estamos entusiasmados em colaborar com a Michelin nesta tecnologia inovadora”, disse Steve Kiefer, vice-presidente sênior da cadeia global de compras e suprimentos da GM, em um comunicado.

Ao contrário dos tradicionais pneus de borracha, a tecnologia sem ar torna o Uptis imune a flats e blowouts, reduzindo o perigo para os passageiros e eliminando a necessidade de manutenção regular, como verificações de pressão e inspeções de furos.

Também gera enormes benefícios de sustentabilidade, diminuindo o número de pneus condenados a sucata e reduzindo as matérias-primas e a energia utilizada na produção.

Além disso, sem desgaste devido a inflação excessiva ou insuficiente, os pneus Uptis duram mais tempo.

“A Uptis demonstra que a visão da Michelin para um futuro de mobilidade sustentável é claramente um sonho alcançável”, disse o CEO Florent Menegaux. “Através do trabalho com parceiros estratégicos como a GM, podemos aproveitar o futuro hoje.”

Parte do conceito VISION do fabricante francês – uma estratégia de quatro pilares para pesquisa e desenvolvimento em mobilidade sustentável – esse protótipo é o primeiro passo na direção certa.

Os detalhes reais do Uptis, no entanto, permanecem um mistério. Entre os tapinhas autocongratulatórios nas costas e o jargão chamativo, nem a Michelin nem a GM revelaram nada sobre o funcionamento interno da tecnologia de rodas sem ar.

Como os pneus são feitos? Como eles operam? Quais diferenças, se houver, os motoristas perceberão?

Em uma FAQ publicada pela Michelin, a empresa observa que a Uptis “compartilha alguns conceitos de design” com sua tecnologia Tweel: um conjunto de roda de pneu, “raios” que transportam a carga e um anel externo de barra de cisalhamento, entre outros.

A GM espera iniciar testes no mundo real do protótipo Uptis em Michigan ainda este ano, com uma frota de Chevrolet Bolt EVs.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.