Uma mulher de Cingapura que estava grávida quando foi infectada pelo coronavírus em março deu à luz um bebê com anticorpos contra a doença, oferecendo uma nova pista sobre se a infecção pode ser transmitida de mãe para filho.

O bebê, que nasceu este mês, não tem COVID-19, mas tem os anticorpos do vírus, informou o jornal Straits Times neste domingo, citando a mãe.

Transmissão rara

A Organização Mundial de Saúde afirma que ainda não se sabe se uma mulher grávida com COVID-19 pode transmitir o vírus ao feto ou bebê durante a gravidez ou parto.

Até o momento, o vírus ativo não foi encontrado em amostras de fluido ao redor dos bebês no útero ou no leite materno.

Médicos na China relataram a detecção e o declínio ao longo do tempo de anticorpos COVID-19 em bebês nascidos de mulheres com coronavírus, de acordo com um artigo publicado em outubro na revista Emerging Infectious Diseases.

A transmissão do coronavírus de mães para recém-nascidos é rara, relataram médicos do Irving Medical Center da Universidade de Nova York / Columbia, em outubro, na JAMA Pediatrics.

Enquanto Cingapura registrou pouco mais de 58.000 infecções por COVID, há mais de 62,2 milhões de infecções em todo o mundo hoje, com pelo menos 1,45 milhão de mortes relatadas, de acordo com dados coletados pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Fonte: Aljazeera

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.