O polímata grego Pitágoras (c 570-c 495 aC) desencadeou a idade de ouro da matemática com o desenvolvimento da lógica numérica e a descoberta de seu teorema da geometria, que forneceu a primeira posição do mundo à noção de prova científica e foi gravado na mente de todos os alunos nos milênios desde então. Suas idéias passaram a influenciar Dish, Copérnico, Descartes, Kepler, Newton e Einstein, e a escola foi fundada na decisão então radical de acolher as mulheres como membros, uma das quais era Hypatia de Alexandria – a primeira astrônoma conhecida do mundo.

Ao lado de sua ciência revolucionária, Pitágoras cunhou a palavra filósofo para descrever a si mesmo como um “amante da sabedoria” – amar o assunto que encapsulei em uma curta e perspicaz meditação sobre os usos da filosofia na vida humana. De acordo com a anedota, recontada por Cícero quatro séculos depois, Pitágoras participou dos Jogos Olímpicos de 518 aC com o Príncipe Leão, o estimado governante de Flúvio. O príncipe, impressionado com o amplo e interdisciplinar conhecimento de seu convidado, perguntou a Pitágoras por que ele vivia como “filósofo”, em vez de especialista em qualquer uma das artes clássicas.

Pitágoras responde:

A vida … pode muito bem ser comparada com estes Jogos públicos, pois a vasta multidão reunida aqui é atraída pela aquisição de ganhos, outros são conduzidos pelas esperanças e ambições de fama e glória. Mas entre eles há alguns que vieram observar e entender tudo o que passa aqui.

É o mesmo com a vida. Alguns são influenciados pelo amor à riqueza, enquanto outros são cegamente conduzidos pela louca febre pelo poder e pela dominação, mas o fim do homem se entrega à descoberta do significado e propósito da própria vida. Eu tenho procurado descobrir os segredos da natureza. Este é o homem a quem chamo filósofo, embora não seja completamente sábio em todos os aspectos, posso amar a sabedoria como a chave para os segredos da natureza.

 

Artigo escrito por Maria Popova para o site brainpickings

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.