A depressão afeta muito mais mulheres do que homens. Alguns estudos afirmam que a depressão nas mulheres é duas vezes mais comum do que entre os homens. As razões pelas quais mais mulheres são deprimidas do que os homens são complexas. Eles pensam demais nas coisas e estão sob mais estresse do que os homens. Isso se deve às muitas demandas que a sociedade coloca nas mulheres.

Depressão em mulheres envolve uma série de sintomas. O sintoma estereotipado da depressão é a tristeza. Outros sinais importantes incluem ansiedade, perda de interesse, irritabilidade, sentimentos de culpa, distúrbios do sono e pensamentos de morte ou suicídio. Esta não é uma lista exaustiva de sintomas de depressão, mas pode ajudá-lo a começar a entender sua condição e a direcioná-lo para fontes de ajuda, caso sinta que está com problemas.

SINAL DE DEPRESSÃO NAS MULHERES
1. HUMOR ANSIOSO OU TRISTE
Se você se sentir constantemente ansiosa ou triste, isso pode ser um sinal de depressão nas mulheres. Você também pode experimentar um humor “vazio” persistente, onde suas emoções são embotadas. Este é um mecanismo de autodefesa que a impede de sentir a dor que você tem dentro.

2. PERDA DE INTERESSE
Quando as mulheres estão deprimidas, muitas vezes perdem o interesse em atividades que costumavam dar-lhes prazer. Este é um grande sinal de depressão. Perda de interesse em sexo também é muito comum. Se você achar que seu passatempo favorito ou atividade deixa você vazia, pode ser um sinal de depressão.

3. IRRITABILIDADE E INQUIETAÇÃO
O estereótipo de uma pessoa deprimida é que ela não consegue sair da cama e tem dificuldade em se levantar e fazer as tarefas básicas da vida. Embora isso seja verdade para muitas pessoas, um sintoma que pode ser perdido é a irritabilidade.

4. SENTIMENTOS DE CULPA E INUTILIDADE
Todo mundo tem momentos em que se sente culpado, mas um sentimento persistente de culpa e inutilidade pode ser um sinal de que algo está errado. Esses sentimentos podem ser esmagadores e fazer com que você pare de aproveitar sua vida.

5. DISTÚRBIOS DO SONO
Enquanto a insônia pode ser um alerta para a depressão, dormir demais também é um sintoma comum. Acordar cedo demais é um problema comum para pessoas deprimidas.

6. ALTERAÇÕES DE APETITE
Às vezes, as pessoas que estão deprimidas comem demais para se confortarem. Elas podem ganhar muito peso. Algumas pessoas deprimidas acham que têm dificuldade em comer ou desfrutar de comida. Isso pode levar a perda de peso insalubre. A relação de uma pessoa deprimida com a comida pode ser distorcida.

7. FADIGA
As pessoas que estão deprimidas muitas vezes sentem-se extremamente cansadas ou têm pouca energia. Isso pode resultar de falta de sono e dieta pobre, mas também é um sinal de depressão por conta própria. Se você constantemente sente que está “desacelerando” ou se arrastando pela vida, pode ficar deprimido.

8. PENSAMENTOS DA MORTE
Este é o sinal mais grave de depressão nas mulheres. Pensamentos persistentes de morte e suicídio são um sinal importante de alerta para a depressão. Se você acha que está prestes a desistir e não pode continuar, ligue para uma linha direta de suicídio.

9. DIFICULDADE EM TOMAR DECISÕES
Quando uma pessoa está deprimida, ela freqüentemente perde sua determinação. Este é um sinal de depressão. Elas passam muito tempo se preocupando com as decisões e se sentem paralisadas ​​por muitas opções. Elas também podem ter extrema dificuldade em se concentrar.

10. OUTROS SINTOMAS FÍSICOS
Frequentemente, os corpos das pessoas internalizam a depressão, especialmente quando sentem que não podem se expressar verbalmente. Dores de cabeça, dores de estômago e outras formas de dor crônica são prevalentes. Este é um sinal comum de depressão nas mulheres. A pessoa pode até ter aumentado a pressão arterial alta ou sintomas cardiovasculares.

PENSAMENTOS FINAIS
Quando uma mulher se sente deprimida, ela pode experimentar uma série de sintomas preocupantes. Cada sinal de depressão deve ser levado a sério. Se esses sintomas acontecem um de cada vez ou se passam rapidamente, ela pode estar reagindo a eventos da vida e talvez não esteja deprimida. Se algum destes sintomas durar mais de 2 semanas, ela deve entrar em contato com seu médico de atendimento primário imediatamente. Ela pode ser encaminhada a um terapeuta ou psiquiatra, ou seu médico de atenção primária pode ser capaz de tratá-la de depressão.

Depressão não é nada para se envergonhar. É um distúrbio biológico não diferente da pressão alta ou diabetes. Pode ser administrado com a ajuda de terapia e medicação. Não desista da esperança e considere a ideia de que você pode ser ajudado.

* * *

 

Artigo publicado no site Power of Positivity, para ler o texto original em inglês clique aqui

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.

COMENTÁRIOS