Fonte: Etapa Infantil

Descubra as tarefas domésticas das crianças de acordo com a idade dos seus filhos

Um aspecto muito importante na educação das crianças é ensiná-las a assumir responsabilidades à medida que crescem. Isso não apenas os ajudará a serem mais disciplinados e os ensinará a seguir as regras, mas também a ajudá-los a ganhar autonomia e independência. Uma maneira muito simples e prática de incutir nelas o senso de responsabilidade é envolvê-las nas tarefas domésticas.

5 benefícios de envolver crianças em tarefas domésticas

1 – Desenvolve habilidades motoras. Fazer a cama, organizar os brinquedos, vestir ou arrumar a mesa são excelentes exercícios para estimular o equilíbrio e a coordenação motora das crianças. Também são um bom treinamento para incentivar a coordenação olho-mão e o movimento de agarrar e segurar objetos.

2- Estimula a capacidade de colaboração. Quando as crianças sabem que participam das tarefas domésticas, sentem que fazem parte de uma equipe. Esse sentimento de pertencer a um grupo e de poder colaborar com o restante dos membros da família desenvolverá sua capacidade de seguir instruções e sua capacidade de trabalhar em grupo.

3 – Promove a autoconfiança. O fato dos pais pedirem aos filhos para ajudá-los nas tarefas domésticas representa muito para as crianças. Os pequenos perceberão como um grande gesto de confiança e se sentirão valorizados pelos pais, o que estimulará sua autoconfiança e autoestima.

4- Potencia o senso de organização. Tem sido demonstrado que as crianças que participam desde a infância em tarefas domésticas tendem a ser mais organizadas em comparação com aquelas que não o fazem até uma idade avançada. Um benefício que não é apenas expresso no ambiente familiar, mas também tem um impacto positivo no desempenho acadêmico e profissional.

Facilita o estabelecimento de hábitos. Hábitos são muito importantes na vida das crianças porque não apenas permitem que elas se organizem melhor, mas também as fazem se sentirem mais seguras. Além disso, constatou-se que as crianças que seguem hábitos em casa tendem a ter melhor desempenho acadêmico, uma vez que tendem a ter um maior desenvolvimento de seu raciocínio lógico. Portanto, colaborar em casa é uma maneira de ensiná-las a criar hábitos saudáveis.

Três chaves para envolver as crianças no trabalho doméstico

1. Ensine-as como é feito
Antes de pedir ao seu filho para ajudá-lo com qualquer lição de casa, é importante que você explique como isso é feito. Dessa forma, você evitará que o pequenino se sinta frustrado por não saber como fazer o que pede.

2. Arme-se com paciência
Não importa quão bem seu filho faça a cama ou se vista, é provável que ele não o faça tão bem quanto você, seja porque ele não presta a devida atenção ou porque ele ainda não desenvolveu as habilidades exigidas para essa tarefa. Em qualquer caso, é importante que você não brigue, porque ele não fez a tarefa bem, em vez disso, você pode ensiná-lo a aperfeiçoá-lo depois de ter reconhecido o seu esforço. Tenha em mente que, mesmo que não tenha funcionado tão bem quanto você esperava, o pequeno fez o melhor possível e, se você criticá-lo, só fará com que ele se sinta mal e prejudique a autoconfiança.

3. Adapte as responsabilidades à sua idade
Cada tarefa doméstica requer uma série de habilidades que as crianças só desenvolverão à medida que crescerem. Quando são muito jovens, provavelmente estarão prontas para pegar seus brinquedos, mas não poderão se vestir porque ainda não desenvolveram a coordenação. Portanto, se você pedir a ela para ajudá-la em uma tarefa para a qual ela ainda não está preparada, é provável que ela acabe ficando frustrada e perdendo a confiança. Para evitar que isso aconteça, é importante que as tarefas se ajustem à sua idade.

Tabela de atividades domésticas por idade

A tabela de tarefas a seguir inclui algumas das atividades para as quais seu filho pode ser preparado em todos os momentos de seu desenvolvimento. Obviamente, antes de colocá-lo em prática, você deve avaliar se realmente se ajusta ao nível do seu filho à medida que cada criança cresce a uma taxa diferente.

Tabela elaborada pelo site Etapa Infantil

2-3 anos Agora já pode organizar seus brinquedos e guardá-los na gaveta, comer sozinho, jogar coisas no lixo, regar as plantas e levar suas roupas para o quarto.

4-5 anos Ele já é capaz de se vestir sozinho, limpar a si mesmo, arrumar a mesa, alimentar o animal de estimação e lavar os pratos com supervisão.

6-7 anos. Agora já pode fazer a cama, organizar sua mesa, preparar sua mochila, aspirar e espanar os móveis.

8-9 anos Pode tomar banho sozinho, limpar o chão, cuidar do animal de estimação, preparar o café da manhã ou outro prato simples com supervisão.

10-11 anos. Ele poderá limpar seu quarto, tirar o animal de estimação, limpar o jardim, pendurar roupas e cuidar de um irmão mais novo.

12 anos e mais Nesta idade pode tirar o lixo, fazer a compra, arrumar a cozinha e costurar um botão.


Fonte: Etapa Infantil

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.