Artigo de Francesca Mancuso / GreenMe

Violência sobre violência. Do elefante morto pelo abacaxi a George Floyd, à história da pequena Zohra, de apenas 8 anos, culpada apenas por ter libertado dois papagaios trancados em uma gaiola na casa onde ela era empregada.

Usuários sociais estão compartilhando esses três eventos entre si. Embora pareçam muito diferentes, na realidade todos eles têm uma coisa em comum: são o resultado de uma crueldade humana inédita.

O caso de George Floyd, brutalmente morto por um policial, ainda está sendo discutido após mais de duas semanas. Ontem, em todo o mundo, houve protestos na praça.

Hoje Michael Jordan destinou 100 milhões para combater o racismo. O valor será usado nos próximos 10 anos para organizações que visem garantir a igualdade e a justiça social.

Até a triste história do elefante ainda está no centro dos debates. Não há palavras para descrever o gesto condenado por todos, de todo o mundo.

Uma mãe bárbara matou, com o bebê ainda no ventre (sem toda a controvérsia que o ultraje na história gerou).

E então foi a vez da pequena Zohora, assassinada na casa em que trabalhava como empregada doméstica no Paquistão, por libertar dois papagaios trancados em gaiolas.

Em todo o mundo, pede-se justiça a essas três vítimas, brutalmente mortas pela violência que não conhece nacionalidade.

Crédito da ilustração de capa: Instagram

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.