Sempre se disse que o cachorro é o melhor amigo do homem, mas nunca antes essa expressão teve tanta força até a história de Paxton e Marvel, um menino de 7 anos e sua cadela, que compartilham a falta de um membro.

Paxton é um menino americano que nasceu prematuro e desenvolveu uma infecção na perna direita. Seus problemas nos membros tornaram-se mais complicados e, finalmente, quando o menino tinha apenas 4 anos, teve que ser amputado.

Desde então, Paxton usou diferentes próteses para levar uma vida o mais normal possível e recebeu diferentes terapias para acalmar o desconforto. Foi seu terapeuta quem soube que um dos golden retrievers da liteira do canil Rolling Oaks Golden havia nascido sem uma perna.

A gerente do canil, Barbara Felt, queria que o filhote fosse para uma casa com alguém que tivesse uma diferença em um membro: “Nós soubemos imediatamente que tinha um propósito especial”, explicou Felt à People .

finalmente Paxton recebeu a cachorrinha e, desde então, compartilhar as mesmas diferenças e obstáculos os tornou um time de melhores amigos inseparáveis.

Agora, o pequeno gaba-se da sua mascote e garante com orgulho: “Eu tenho uma prótese e ela tem três pernas”, e acrescenta “ela é como eu”.

Os pais de Paxton agradecem a chegada da Marvel à família, que melhorou a autoestima do menino e o ajudou a normalizar suas diferenças físicas: “É como se eles soubessem que são especiais”, explica o pai.

Adaptado de La Vanguardia

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.