Um certo cientista vivia preocupado com os problemas do mundo. Mas os anos passavam e ele não conseguia encontrar a solução …

Um dia, seu filho de sete anos invadiu seu laboratório determinado a ajudá-lo a trabalhar. E ante a impossibilidade de removê-lo de lá, o homem tirou uma página de uma revista na qual aparecia uma imagem do mundo e a cortou como um quebra-cabeça em dezenas de pedaços. “Olha, filho, aqui está o mundo inteiro quebrado. O jogo é que você recomponha isto novamente “.

O cientista calculou que levaria pelo menos dois dias. No entanto, apenas algumas horas depois, ele ouviu a voz de seu filho animada: “Papai, está consertado!”

Completamente estupefato, ele descobriu que todas as peças estavam em seu lugar exato. “Como é possível que você tenha terminado tão rápido?” O menino respondeu: “Quando você arrancou o papel da revista para recortá-lo, notei que do outro lado da página estava a figura de um homem. E quando você me disse para consertar o mundo, eu tentei, mas eu não sabia. Então virei os pedaços de papel e comecei a consertar o homem, que sabia como era. E assim que consertei o homem, virei a página novamente e descobri que ele havia consertado o mundo!

Moral: “Seja a mudança que você quer ver no mundo” (Gandhi)

 

Publicado antes em El Club de los Libros Perdidos

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.

COMENTÁRIOS