Uma espécie de borboleta está gerando curiosidade em quem as vê e causando emoção entre devotos de Nossa Senhora Aparecida. Isso porquê, o animal, que parece uma obra da natureza tem desenhos que se assemelham a imagem da santa muito popular no Brasil.

A borboleta que lembra a imagem de Nossa Senhora recebe o nome popular de olho-de-pavão-diurno — Foto: Foto: Mayara Cristina / Arte: Edison Garcia/EPTV

A Junonia evarete ou Olho-de-pavão-diurno, como é conhecida popularmente, é uma espécie de borboletas da família Nymphalidae que habita regiões tropicais e sub-tropicais como partes da América do Norte, do Sul e Central — não é à toa que o animal está encantando brasileiros.

A beleza de suas asas não é o principal atrativo neste animal, o detalhe que mais intriga quem as vê é a forma triangular azul que se assemelha ao manto da virgem Maria, a padroeira do Brasil.

A Junonia evarete faz parte de um grupo de espécies muito parecidas que inclui também as Junonia Genoveva, além de muitas outras. São borboletas muito similares e de difícil identificação. — Foto: Norton Santos/Arquivo Pessoal

A bióloga Aline Vieira, que faz mestrado em ecologia na Unicamp, com foco nas borboletas, explica que esses insetos chegam a medir até seis centímetros de envergadura, sendo os machos menores e mais coloridos.

Os machos são menores e em geral possuem uma coloração azul bastante marcada na região dorsal das asas posteriores. Já nas fêmeas, esse azul é muito pálido ou ausente. O azul presente nos machos é muito importante para chamar atenção das fêmeas, já que elas escolhem o parceiro para se reproduzir com base na intensidade dessa cor – explica a bióloga

Em 2017, um vídeo de uma borboleta Olho-de-pavão-diurno pousando sobre a bota de uma pessoa. Ela batia lentamente as asas e à medida que a câmera se aproximava, a forma triangular com um manto azul e enfeites na borda inferior evidenciavam o desenho muito parecido a imagem da padroeira.

Na época, a gravação viralizou nas redes sociais e deixou internautas encantados, enquanto alguns ficaram intrigados achando se tratar de uma manipulação de imagem. No entanto, o animal é real e apenas os machos desta espécie possuem o tom azulado no centro para chamar a atenção das fêmeas.

Fontes: G1 / Bons Fluídos

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.