Banhistas de diversas praias de Maceió, em Alagoas, se surpreenderam com o surgimento de um intrigante animal nas areias da região. Segundo o site Alagoas 24 horas, tratam-se dos chamados Dragões azuis.

De aparência exótica, os Glaucus atlanticus são lesmas marinhas primas dos caracóis e chegam aos três centímetros de comprimento.

O biólogo Higor Rodrigues explicou que o molusco normalmente aparece no Oceano Atlântico e outras praias do Brasil. “Essa espécie é parente dos caracóis, caramujos, polvos”, disse.

O pesquisador acredita que os animais podem ter vindo para praias do estado através de correntes marítimas ou pela mudança de ventos. Assim como as caravelas encontradas nas praias no mesmo período, os Dragões azuis vivem em águas oceânicas e provavelmente foram arrastados até a areia.

“O dragão azul é um animal predador que se alimenta de caravelas portuguesas e águas vivas. A presença desses bichos pode estar relacionada com a densidade demográfica das águas vivas”, explicou Rodrigues.

O Glaucus atlanticus, conhecido por lesma do mar ou dragão azul, é mais visto na costa da Europa, África, água subtropical e tropical.

O professor Claudio Sampaio, especialista em animais marinhos e professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) de Penedo, disse que o animal não causa problemas ao ser humano e orienta o que fazer caso encontre o dragão azul nas areias ou no banho de mar.

“Sugerimos que você observe, que aproveite o momento porque é um animal raro e faça fotos e vídeos para que depois esse material seja encaminhado para institutos de pesquisa e ongs. Essas informações são úteis para um maior conhecimento sobre a biodiversidade matinha das nossas praias”, falou Sampaio.

G1

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.