No Japão, um dos jornais nacionais mais famosos inventou um jornal cem por cento sustentável. Se você plantar, ela florescerá!

O Japão mais uma vez se mostra um país avançado. Sua última invenção consiste em um jornal feito de papel reciclado e vegetal que você pode plantar depois de lê-lo. Chama-se “Jornal Verde” e foi inventado pelo editor do famoso diário japonês The Mainichi Shimbunsha .

Papel que pode ser plantado não é novidade. Está no mercado há alguns anos e é uma mistura de papel reciclado, água e pequenas flores ou sementes de ervas (também pode ser facilmente feito em casa). E pode ser reutilizado de uma forma criativa: quando terminar, não jogue, em vez disso, rasgue-o em pequenos pedaços, plante e regue e dentro de algumas semanas você terá plantas e flores inesperadamente .

O jornal ecológico

A ideia foi idealizada pela Dentsu Inc , uma das maiores agências de publicidade do Japão, que trabalha com “The Mainichi”. O jornal verde não é a primeira iniciativa sustentável realizada pelo diário japonês. Seu compromisso com a proteção do meio ambiente já é conhecido graças a uma campanha publicitária anterior de doação de água para populações com sede. “O Mainichi não atua apenas pela informação, mas também pela resolução de questões globais”.

O jornal ecológico teve um grande sucesso, uma circulação de mais de quatro milhões de cópias por dia em todo o país e receitas de cerca de oitenta milhões de ienes, o equivalente a mais de US $ 700.000. A iniciativa também envolveu escolas, com o objetivo de conscientizar as crianças sobre as questões ambientais e ensinar a importância da reciclagem. Porque para reduzir as emissões de CO2 geradas pelos sistemas tradicionais de eliminação de resíduos, devemos reciclar os resíduos, e principalmente o papel.

Ciclo Vivo

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.