Foto: Reprodução/Youtube

Essa semana a youtuber carioca Julia Tolezano, conhecida como Jout Jout, viralizou na
internet um vídeo onde ela lê e comenta um livro infantil. O livro A Parte que Falta, do poeta e ilustrador Shel Silverstein foi lançado em fevereiro pela editora Cia das Letrinhas.

Em certo trecho da leitura (que dura quase nove minutos) ela chega a se emocionar com o
tema, que aborda a busca incansável de um ser por uma parte que venha lhe completar.

“Não sei quanto a você, mas sempre falta um trocinho. Às vezes, falta muita coisa, às vezes só uma coisinha que parece um mundo de faltas. Pra muitos, falta o indispensável e aí o que falta pra você parece nada, mas é demais de onde você está olhando”, diz ela,emocionada.

Embora seja um livro destinado ao público infantil, quase certo é que seja mais um daqueles produtos para os filhos, que servem também aos pais. Quem não sente que lhe falta algo? provavelmente poucos se sintam completos. E se nos falta algo, o que fazemos? passamos a perseguir essa parte que nos falta, às vezes sem dar o merecido valor às coisas que já temos.

Para algumas pessoas, em algumas situações, a sorte pode lhe favorecer e o que lhe falta,
quando encontrado, vem somar ao que já possui. Mas nem sempre isso ocorre e, quando
se encontra a parte que falta, está na verdade fazendo uma troca, tendo que abrir mão do
que já tinha antes.

Isso pode acontecer em várias esferas que compõe a nossa vida; nas relações, nos
sentimentos, na vida profissional, etc. O que te preenche nem sempre completa tudo, ou
completa demais a ponto de não deixar sobrar espaço para as outras coisas, que também
são importantes. Pode ser um amor que exija que se renuncie a amigos e (até) familiares,
uma mudança geográfica que nos obriga a se afastar de nossas raízes, um cargo que nos
rouba o tempo de estar com quem ou com o que amamos.

Assista o vídeo ou adquira o livro e reflita sobre a parte que lhe falta e se um dia, ao encontrá-la, não irá sentir falta da falta que sente.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.

COMENTÁRIOS