Tiago Escarcell Boher morreu, nesta sexta-feira (19), na Santa Casa de Campo Grande. O jovem que era mochileiro e viajou 36 mil quilômetros pelo Brasil se acidentou de forma grave, na BR-060, no município de Paraíso das Águas (MS), na terça-feira (16).

Natural de Pelotas (RS) e torcedor fanático pelo Grêmio Atlético Farroupilha, Tiago teve uma parada cardiorrespiratória e o protocolo de reversão não teve sucesso. O óbito foi constatado às 7h55, desta sexta.

O rapaz estava na etapa final da realização de um sonho: desbravar todos os estados do país com a namorada, Jennifer Santos, 19 anos, e uma motocicleta. Após oito meses e 13 dias na estradas, Tiago iria concluir o mochilão pelo Brasil em Mato Grosso do Sul. A irmã da vítima, Fabiane Bohrer, relatou ao g1, que o rapaz sempre teve o apoio da família.

“Tiago é a melhor pessoa que já conheci, não tinha nada de maldade no coração dele! O sonho dele era viajar por todos os estados do Brasil com a sua moto, e nós sempre apoiamos todas as vontades que ele tinha. Precisamos ser fortes pelo nosso tesouro, para superar e seguir em frente”, relatou.

Estado de saúde de Jennifer

A namorada de Tiago, Jennifer Santos, 19 anos, segue internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande. A jovem sofreu múltiplas fraturas pelo corpo e está em observação no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), consciente e estável no momento, a mãe da jovem já está na cidade para acompanhar a filha.

Tiago e Jennifer estavam juntos há pouco mais de um ano, a jovem também compartilhava o espírito de aventura e a vontade de desbravar o mundo. “A Jennifer é uma menina ótima, sabemos que ela sempre amou meu irmão, torcemos para ela sair dessa bem e se recuperar”, disse a irmã de Tiago.

Horas antes do acidente

Horas antes do acidente que vitimou Tiago Escarcell Boher, de 32 anos, e deixou Jennifer Santos, 19 anos, em estado grave, o casal publicou um vídeo nas redes sociais, soltando fogos de artifício para comemorar os 36 mil quilômetros percorridos em pouco mais de oito meses de viagem e a chegada ao destino final: Mato Grosso do Sul. Veja o vídeo no início da reportagem.

Após oito meses e treze dias, se eu contasse, ninguém acreditaria, nós conseguimos! Estamos na beira da estrada, percorremos mais de 36 mil quilômetros. Não foi fácil, estamos cansados, mas realizamos um sonho! O Brasil é nosso, com a nossa moto rodamos o país inteiro, demos uma volta no país e vamos voltar para casa”, relatou Tiago no vídeo que foi postado nas redes sociais.

Como foi o acidente

Segundo o boletim de ocorrência, um motociclista de 63 anos, que estava em uma motocicleta de luxo, tentou ultrapassar um caminhão em local proibido e bateu de frente na moto do casal de mochileiros. Com a batida, Thiago e Jennifer foram arremessados para a margem da rodovia. Já o motociclista que causou o acidente foi atingido por uma carreta e morreu no local.

Os mochileiros foram socorridos e encaminhados para a Santa Casa de Campo Grande onde estão internados. De acordo com o hospital, Tiago Scarcell teve a perna esquerda amputada no acidente e segue em estado grave. Jennifer Santos sofreu múltiplas fraturas pelo corpo e está em observação no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

Na manhã de terça, poucas horas antes do acidente, o casal publicou um vídeo no Facebook para comemorar os destinos já percorridos em pouco mais de oito meses de viagem (veja o vídeo acima). Na gravação, muito emocionados, eles soltaram fogos de artifício e comemoraram o fato de terem chegado ao estado.

“CONCLUÍMOS OS 27 ESTADOS [INCLUINDO DISTRITO FEDERAL] , ACABAMOS DE CHEGAR EM MATO GROSSO DO SUL, DEMOS A VOLTA NO BRASIL! ACABAMOS DE CHEGAR E ESTAMOS CANSADOS. ONTEM DORMIMOS SÓ TRÊS HORAS, TÁ SENDO UMA HISTÓRIA QUE ESTÁ MARCADA. NEM SEI O QUE DIZER, BORA VIVER!”, DISSE TIAGO.

Familiares e amigos de Tiago e Jennifer, que são de Pelotas (RS), pediram ajuda nas redes sociais para se deslocarem até Campo Grande. A mãe de Jennifer já está a caminho de Mato Grosso do Sul e deve chegar ainda a Campo Grande.

As informações são do G1

RECOMENDAMOS







Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.