Neste artigo, explicaremos sobre hospedagem em PHP: o que são, como funcionam, para que servem, além de mencionar a melhor hospedagem php do mercado, em particular para sites em WordPress.

Mas, afinal, o que é preciso para hospedar um site em PHP? O primeiro passo para hospedar um site PHP é registrar um nome de domínio e obter um plano de hospedagem na web de sua preferência. Atualmente, a maioria dos hosts aceita arquivos PHP. Porém, você deve prestar atenção e verificar se este é o caso com o hospedagem de sua escolha. Confira os melhores provedores de hospedagem web do mercado aqui.

Se você utiliza um sistema integrado a um Banco de Dados, como WordPress ou outros, deve ficar atento se este possui suporte de banco de dados, principalmente para Banco de Dados MySQL.

Busque um provedor que forneça hospedagem barata

Através dos serviços de busca e listagem de servidores de hospedagem, busque aquele que tenha tudo para atender qualquer necessidade que você precisar, com suporte a PHP e MySQL DataBase, qualidade e segurança! Veja os melhores planos para você e veja se você também pode obter o seu nome de domínio com a empresa. Após essas etapas, você poderá fazer upload de arquivos do seu site para o servidor de hospedagem na web!

Em seu servidor, você pode colocar um certo número de arquivos. Os arquivos do seu site deverão estar no diretório: “public_html“. Em alguns servidores, este diretório tem o nome: “www“. Esse é o diretório raiz responsável pelo seu site. Portanto, você deve carregar todos os arquivos do site para esse diretório.

Como posso enviar meu site para o servidor?

Você pode enviar seu site de diferentes maneiras. Mas, não se esqueça, o arquivo PHP responsável pela sua homepage deve ter o nome “index.php” e estar localizado exatamente no diretório “public_html”, não em seus subdiretórios. A maior parte do Web Hostings possui um FTP (File Transfer Protocol). Assim, você pode usar um cliente FTP, como o Fillezila, para enviar seus arquivos para o servidor. Isso através de uma URL.

Outra forma de fazer upload de seus arquivos é com SSH. Mas, em primeiro lugar você deve verificar se o seu Web Hosting possui este serviço. Com o SSH, você pode descompactar um arquivo compactado diretamente no servidor, sem precisar fazer isso manualmente.

Outra forma muito comum de enviar seus arquivos para o servidor é por meio do Painel de Controle do Web Hosting. Alguns hosts usam cPanel, DirectAdmin ou outros painéis de controle conhecidos. No entanto, também existem aqueles que usam seu próprio painel. Independentemente disso, a maioria permite que você envie arquivos diretamente por meio deste painel por meio de um gerenciador de arquivos.

O que fazer após o upload dos meus arquivos para o servidor?

Se você tiver um sistema com banco de dados, deverá verificar se está configurado corretamente. Para isso, você pode acessar seu banco de dados a partir do seu Painel de Controle Web Hosting. Após fazer o upload do seu site no host e configurar o seu banco de dados, basta verificar se ele está online!

Como escolher o melhor host para mim?

Em primeiro lugar, você deve verificar quais são as suas necessidades. Ou seja, quais configurações seu servidor deve ter para dar suporte ao seu site. Isso depende do tamanho do seu site, quanto acesso você deve ter, que tipo de recursos você precisa e tantas outras coisas. Na maioria dos casos, um plano simples de hospedagem compartilhada é suficiente. Mas, para algumas necessidades, você deve escolher outras opções.

Você deve prestar atenção e verificar se aquele servidor possui suporte a PHP.

Caso necessite de um Banco de Dados, preste atenção se este servidor possui suporte de banco de dados, principalmente para Banco de Dados MySQL. Esse é um recurso necessário para a maioria dos CMS, como o WordPress.

Com cada vez mais pessoas em casa, a Internet vem se tornando a principal porta de entrada dos consumidores para as marcas e empresas, e tanto isso é verdade que as emissoras de televisão estão fazendo de tudo para conseguir competir e se manterem mais relevantes que a web. Por isso mesmo, não perca tempo, crie já seu site em PHP e invista nisso, seja ele um blog ou um site institucional de uma empresa!

Hospedagem em PHP para sites em WordPress

Sobre este tema, vale um alerta importante: A escolha de um host não confiável para o seu site WordPress pode causar um tempo de inatividade inesperado durante ou após a atualização de uma versão e não há praticamente nada que você possa fazer a respeito, exceto mudar para um host melhor.

O WordPress é desenvolvido usando a linguagem de programação de código aberto PHP, e praticamente todos os provedores que fornecem serviços de hospedagem compartilhada oferecem o PHP versão 7.0 ou superior em seus computadores. Alguns hosts da web podem até permitir que você altere sua versão do PHP em seu painel de controle. Existem vários motivos para não usar a tecnologia de ponta e as versões estáveis ​​mais recentes do PHP

por hosts da web, mas o motivo mais comum é que as versões mais recentes às vezes podem causar instabilidade em alguns aplicativos PHP.

Coisas que você precisa fazer quando seu host atualiza o PHP

Seu host provavelmente já está hospedando milhares de sites WordPress. Logo, ele tomará todas as precauções possíveis para garantir que tudo corra bem e os clientes não sintam nenhuma falha no serviço.

Em primeiro lugar, os usuários devem fazer backups regulares dos sites WordPress. Se você não possui uma solução de backup automático como BackupBuddy, VaultPress ou BackWPup, então é hora de instalar um deles ou pelo menos criar um backup manual do seu site.

Após os backups, a próxima coisa que você precisa fazer é certificar-se de que está executando a versão mais recente do WordPress. Vá para a tela Atualizações e instale todas as atualizações disponíveis.

O próprio WordPress e os plug-ins mais populares do WordPress não serão afetados pela atualização do PHP. No entanto, é possível que algum plugin pare de funcionar. Se um plug-in em seu site parou de funcionar devido a uma atualização do PHP, você precisa entrar em contato com o autor do plug-in para obter suporte ou encontrar uma alternativa.

Conseguiu entender melhor como funciona e para que serve a hospedagem em PHP? Esperamos ter ajudado, e obrigado pela leitura!

Imagem: Pixabay

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Pensar Contemporâneo
Um espaço destinado a registrar e difundir o pensar dos nossos dias.