Poucas pessoas no mundo tiveram a sorte de poder nadar em mar aberto ao lado de golfinhos, animais conhecidos por serem muito sociáveis ​​e bastante amigáveis ​​com os seres humanos.

Adam Walker é um inglês considerado um dos melhores nadadores de águas abertas do mundo, que, há alguns anos, decidiu concretizar um desejo próprio que consistia em enfrentar um desafio bastante difícil: nadar 16 milhas (25,7 km) através do Estreito de Cook, que fica na Nova Zelândia.

Leia também: Cassinos online: 4 conselhos que um jogador experiente lhe daria

Naquele dia, depois de percorrer apenas uma parte da rota que tinha que fazer, Adam viu um grande tubarão branco nadando abaixo dele.

Apesar do perigo, o homem pensou que a única coisa a fazer naquele momento era manter a calma e continuar nadando, esperando que o grande predador encontrasse algo mais interessante para perseguir.

No entanto, para sua surpresa, após alguns instantes alguns golfinhos começaram a nadar perto dele e formaram uma espécie de círculo ao seu redor, como se quisessem protegê-lo de um possível ataque do tubarão.

Abaixo está o vídeo incrível:

De fato, para os golfinhos permanecerem unidos em um grupo é uma das formas mais eficazes de se defender de ataques de predadores, mas, neste caso, não se sabe se eles fizeram isso para realmente proteger os humanos.

No entanto, apesar disso, durante uma entrevista o nadador disse: “Gosto de pensar que eles estavam me protegendo e me guiando para casa, mas não posso dizer com certeza se os golfinhos vieram em meu socorro de propósito. O que posso dizer é que depois de alguns minutos o tubarão desapareceu e os golfinhos ficaram comigo por mais 50 minutos, foi uma experiência incrível”.

Leia também: Cadela destemida salva família inteira de ataque de onça nos EUA: ‘Enfrentou ela para nos salvar’

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS